Busca

     

Resultado



O PODER DA LITERATURA INFANTIL E DA FILOSOFIA NA FORMAÇÃO DA CRIANÇA


Nesse encontro vamos abordar o efeito provocado pela articulação da Literatura Infantil e da Filosofia, iluminando o modo de estar e agir no mundo. Quando a Filosofia olha para a Literatura, pode provocar perguntas reflexivas menos abstratas por dialogar com as questões trazidas pela história lida. Esse diálogo pode e deve contribuir para a criança pensar em si mesma e no mundo que observa e do qual participa. Já quando a Literatura olha para a Filosofia, traz o lugar do sensível e do afeto para o pensamento, para as relações, para o outro. Ou seja, relacionadas, elas tornam–se força para ser e estar no mundo, olhando e agindo com mais propriedade e consciência.



A EDUCAÇÃO É UMA CAUSA PARA VOCÊ?


O que nos move em direção ao campo da Educação? Não estamos falando apenas daquela que se faz em casa, em família, mas também a que escolhemos como território de trabalho, de campo de ação e de pensamento, com pessoas que mal conhecemos mas em quem tanto acreditamos.

 

É possível desassociar Educação de Ética? E, ainda que associadas, quais recortes, premissas e propósitos conduzem o seu trabalho?

 

A ideia é trazer para o encontro uma conversa acerca de algumas questões vitais para o nosso tempo e a relação intrínseca delas com a prática educativa:

 

- Homem e Natureza

- Liberdade, Indivíduo e Coletivo



CRIAÇÃO COM APEGO


A formação de vínculos sólidos com os pais ou cuidadores é a base para que as crianças cresçam seguras para explorar o mundo ao seu redor e para estabelecer relacionamentos saudáveis ao longo da vida. O desenvolvimento emocional, físico e neurológico do bebê é amplificado quando suas necessidades são atendidas de forma consistente. E, para os pequenos, o afeto e o contato físico são tão prementes quanto os cuidados com a alimentação e a higiene.

 

Nesse encontro, a CASA DO SABER RIO recebe Thiago Queiroz, criador do site Paizinho, Vírgula! e líder certificado pela associação Attachment Parenting International, para falar sobre técnicas de criação com apego que favorecem um relacionamento mais afetivo e respeitoso entre pais e filhos. Para viabilizar a participação do maior número de famílias, será permitida a presença de crianças acompanhadas dos responsáveis na palestra.

 

EM CASO DE INSCRIÇÃO SIMULTÂNEA PARA DUAS PESSOAS, O VALOR TOTAL FICA EM R$ 170. DESCONTO VÁLIDO APENAS PARA VENDAS PELO TELEFONE 2227-2237 E NÃO CUMULATIVO COM OUTRAS PROMOÇÕES. EXCEPCIONALMENTE, SERÁ PERMITIDA A PRESENÇA DE BEBÊS E CRIANÇAS NO ENCONTRO.



ANSIEDADE E TDAH: O QUE AFLIGE PAIS, PROFESSORES E ALUNOS


Distúrbios psiquiátricos são quase sempre cercados de dúvidas e tabus. Quando acometem a infância, então, costumam deixar a família e a escola desorientadas. Nesse encontro, o neuropediatra Giuseppe Pastura abordará duas das condições clínicas que mais atingem crianças, o Transtorno do Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDAH) e os Transtornos de Ansiedade, para municiar pais e educadores com informações importantes para ajudá-las.

 

Extremamente comum nessa fase da vida, atingindo cerca de 5% dos estudantes, o TDAH caracteriza-se por comportamento desatento e/ou hiperativo em intensidade maior do que a observada em crianças de nível de desenvolvimento semelhante. Sem tratamento, provoca baixa autoestima, dificuldade de socialização e baixo rendimento escolar.

 

Já os sintomas dos Transtornos de Ansiedade podem variar desde um simples medo de inseto até o medo de se separar dos pais para ir à escola ou intensas preocupações com situações futuras. Crianças acometidas costumam apresentar queixas associadas, como dor abdominal, cefaleia, fadiga excessiva, irritabilidade, tensão muscular e distúrbios do sono.



CUIDADOS COM O BEBÊ: ORIENTAÇÕES PRÁTICAS


A chegada do recém-nascido é uma das experiências mais intensas na vida de um casal. Contudo, por mais celebrado que seja, o nascimento do bebê costuma ser cercado por preocupações, especialmente quando as famílias não contam com uma rede de apoio sólida nesse momento. A quantidade de informações disponíveis na internet, que deveria ajudar, também pode acabar confundindo. Assim, preparar-se de modo prático para a nova rotina pode fazer toda a diferença. Conhecer as necessidades básicas de um bebê, aprender a cuidar do coto umbilical, encontrar o melhor jeito para dar banho, saber o que esperar da amamentação...

 

Neste encontro, a enfermeira Graziela Abdalla ajudará os futuros pais a desenvolver essas e outras habilidades para vivenciar com mais tranquilidade a chegada do filho, além de compartilhar informações valiosas para que se sintam confiantes nesse universo de descobertas, desafios e alegrias. Para auxiliar os participantes, serão utilizados bonecos com tamanho e peso semelhantes aos de um recém-nascido.

 

EM CASO DE INSCRIÇÃO PARA DUAS PESSOAS, A CASA CONCEDERÁ 50% DE DESCONTO NO SEGUNDO INGRESSO. OFERTA EXCLUSIVA PARA VENDAS PELO TELEFONE 2227-2237. NÃO CUMULATIVO COM OUTRAS PROMOÇÕES



O DILEMA DA CULTURA FAMILIAR CONTEMPORÂNEA


Com a melhor das intenções, as famílias têm utilizado estratégias de controle excessivo na educação dos filhos. Monitoramento por câmeras e outros dispositivos eletrônicos, uso de bafômetro a cada volta à casa no fim de semana, grupos de WhatsApp de mães neuróticas, entre outras medidas, passaram a fazer parte de uma rotina que vai se naturalizando.

 

O encontro pretende descrever os efeitos colaterais adversos dessa naturalização e discutir formas de avanço na direção do desenvolvimento emocional seguro, sem comprometimento da autonomia e da saúde mental de crianças e adolescentes.



LIGUE OS PONTOS: LEITURA E CONECTIVIDADE


Nos últimos anos, o meio educacional foi inundado por uma avalanche de novidades. Mil novas metodologias foram apresentadas, todas buscando mudar o esquema atual das escolas. É Design Thinking pra cá, Sala Invertida pra lá, Cultura Maker, Snack Learning, Storytelling, Realidade Aumentada… A lista é infindável.

 

Muitas escolas conduzem reformas nos seus projetos. Reparos e ajustes para tentarem seguir acompanhando a evolução do mundo. E aí está um nó: não precisamos só de evolução. Precisamos de REVOLUÇÃO. E uma revolução não conforta, ela incomoda. Estamos em tempos de desconforto e isso nos impulsiona a seguir. A discussão que não pode faltar é sobre Leitura e Conectividade.

 

Nesse encontro, vamos conversar sobre esses conceitos na contemporaneidade, abordando a questão dos multiletramentos e a educação multimodal para entendermos o lugar da leitura na atualidade.



OS NOVOS PRÍNCIPES E PRINCESAS


A missão dos pais na atualidade parece ser a de tornar a vida dos filhos cada vez mais prazerosa e isenta do cumprimento de obrigações e de regras cotidianas. Em consequência, a penosa tarefa de transmissão de valores e princípios morais acaba ocupando um lugar secundário na prioridade dos pais.

 

O encontro visa discutir estratégias de educação que retirem os filhos do centro da cena, promovendo o imprescindível destronamento narcísico. É só a partir dessa destituição desse lugar privilegiado que a criança se credencia a portar a “carteirinha” de sócia da civilização humana.

 

Nesses tempos em que a cultura hedonista preconiza a ideia falaciosa de um estado emocional de prazer imediato, cabe à família a cansativa responsabilidade de conciliar permanentemente as formas de bem-estar passageiro com o acatamento das regras sociais



ARTE E CRIANÇA, ARTE E CONHECIMENTO


Arte é para qualquer idade? Como introduzir os pequenos no universo das artes plásticas? Nesse encontro vamos conversar sobre o mundo de descobertas que envolve a infância e a arte. Quais experiências estéticas acreditamos ser importantes para as crianças? Tem lugar na vida dos pequenos a apreciação da arte? E o lugar da sua expressão artística? Como podemos investir no conhecimento sensível das crianças?