Busca

     

Resultado



DALIDA, SARDOU E MONTAND: TRÊS GRANDES VOZES DA CHANSON FRANÇAISE


Dalida (1933 – 1987), Michel Sadou (1947) e Ive Montand (1921 – 1991) são alguns dos mais significativos representantes da chanson française. Reconhecidos por sua significativa obra, esses cantores se apresentaram nas grandes salas da França e de todo o mundo. Para o curso, selecionamos esses grandes nomes entre tantos outros de reconhecida relevância para o cenário musical francês não só por serem autores, mas também compositores e intérpretes. E ainda porque suas canções são chansons à texte, um gênero de canção popular cuja qualidade literária, às vezes engajada, se opõe às canções chamadas de variéte, com um conteúdo mais banal.



A CHANSON FRANÇAISE DE PIAF, BREL E AZNAVOUR


Entre os milhares de intérpretes que se consagraram cantando em francês, foram escolhidos para esse curso Edith Piaf, Jacques Brel e Charles Aznavour pela importância e reconhecimento de sua obra nas grandes salas da França e de todo o mundo. Esses cantores foram selecionados por serem também importantes compositores. E ainda porque suas canções são chansons à texte, um gênero popular cuja qualidade literária, às vezes engajada, se opõe às músicas chamadas de variéte, com um conteúdo mais banal.



GRANDES NOMES DA CHANSON FRANÇAISE


Entre os milhares de artistas que cantaram em francês, foram escolhidos para esse curso Charles Aznavour, Georges Brassens, Jacques Brel, Edith Piaf e, é claro, Charles Trenet, considerado por muitos o fundador da música francesa moderna. Esses grandes nomes foram selecionados entre tantos excelentes por serem não só autores mas também compositores e intérpretes. E ainda porque suas canções são chansons à texte, um gênero de canção popular cuja qualidade literária, às vezes engajada, se opõe às canções chamadas de variéte, com um conteúdo mais banal.