Busca

     

Resultado



OS NOVOS PRÍNCIPES E PRINCESAS


A missão dos pais na atualidade parece ser a de tornar a vida dos filhos cada vez mais prazerosa e isenta do cumprimento de obrigações e de regras cotidianas. Em consequência, a penosa tarefa de transmissão de valores e princípios morais acaba ocupando um lugar secundário na prioridade dos pais.

 

O encontro visa discutir estratégias de educação que retirem os filhos do centro da cena, promovendo o imprescindível destronamento narcísico. É só a partir dessa destituição desse lugar privilegiado que a criança se credencia a portar a “carteirinha” de sócia da civilização humana.

 

Nesses tempos em que a cultura hedonista preconiza a ideia falaciosa de um estado emocional de prazer imediato, cabe à família a cansativa responsabilidade de conciliar permanentemente as formas de bem-estar passageiro com o acatamento das regras sociais



PROJETOS DE VIDA E A INVENÇÃO DE UMA BELA VELHICE


A filósofa francesa Simone de Beauvoir (1908-1986) foi a maior inspiração da antropóloga Mirian Goldenberg para ela começar a escrever sobre a invenção de uma bela velhice, tema deste encontro no SOFÁ DA CASA.

 

Mirian debaterá questões surgidas ao longo de 25 anos de pesquisas realizadas com 5 mil mulheres e homens, apresentando dados comparativos levantados em outros países e culturas. O objetivo é discutir a invenção de uma bela velhice e compreender as diferenças entre visões, comportamentos e valores de mulheres e homens de gerações variadas, destacando a importância dos projetos de vida em todas as fases da vida. Uma discussão que, necessariamente, abordará temas como felicidade, liberdade, diversidade, uso do tempo, família, amizades e trabalho, entre outros. 

 



REVOLUÇÃO NAS AMÉRICAS


A Revolução Americana pautou valores políticos que seguem vivos em nosso tempo. A Haitiana quebrou paradigmas com o maior levante de escravos do Ocidente. A Venezuelana foi a primeira a romper com o domínio espanhol e a grande inspiradora de diversas insurreições na América Latina. A Cubana resgatou o espírito anticolonialista e deu início à experiência socialista mais significativa do continente. Esses processos históricos deixaram, cada um à sua maneira, marcas na política, na cultura, na arte e na resistência em diferentes partes do mundo.

Neste curso, reunimos destacados professores para abordar alguns dos principais movimentos revolucionários das Américas, seu contexto histórico e suas implicações até os dias atuais.



UMA HISTÓRIA DO IRÃ


O curso propõe uma reflexão sobre a constituição do Irã contemporâneo. Para tanto, serão analisadas as reformas modernizadoras iniciadas pela monarquia Qajar, no século XIX, passando pelo projeto autoritário da dinastia Pahlevi, no século XX, até as transformações culturais e sociais sob a República Islâmica (séculos XX e XXI). Propõe ainda abordar a sociedade iraniana em sua complexidade, iluminando os fatos da política a partir dos processos culturais que os moldaram em seu contexto histórico.



AMÁLIA, SEMPRE AMÁLIA


O João Villaret, que era meu amigo e ia muito ouvir-me, uma vez, no [Café] Luso, disse-me que, quando eu estava a cantar, tinha visto a auréola da Severa

Amália Rodrigues, 1987.



A cantora portuguesa Amália Rodrigues (1920-1999) foi responsável por uma grande revolução no fado. Recriou toda a sua estrutura, internacionalizou-o e impulsionou a sua consagração como gênero musical representativo da cultura de Portugal. A união artística de Amália com o poeta conterrâneo Alain Oulman (1928-1990) foi a maior contribuição para a evolução poética e musical do fado. Além disso, a fadista quebrou os paradigmas estéticos tradicionais do gênero, traçando o caminho que ele percorreria até o século XXI. Nestes dois encontros abordaremos a vida e a obra da maior expoente do fado, imortalizada no panteão dos grandes heróis portugueses.

 



UMA HISTÓRIA GLOBAL DO BRASIL


Há diversos caminhos historiográficos para se tentar chegar a uma compreensão do Brasil. Afastando-se das abordagens endógenas e autorreferentes dominantes nas universidades, este curso propõe a leitura do Brasil sob uma perspectiva da História Global. Percorreremos a trajetória do país, da Colônia à República, dialogando com a História da Escravidão, as experiências nas Américas republicanas e federalistas e a História da Europa Monárquica, bem como suas vanguardas, referência dos modelos culturais de nossas elites.



A BELEZA E A FEIURA NA HISTÓRIA DA ARTE


Este curso pretende oferecer uma análise do percurso da história da arte tendo como base os livros História da beleza e História da feiura, ambos do italiano Umberto Eco. Em suas páginas, o escritor apresenta um panorama do assunto através dos tempos e de suas diferentes contextualizações em culturas e épocas diversas. O que de fato será o conceito de beleza e de feiura? A história da arte tratou de dar diferentes abordagens ao tema, mas somente na modernidade houve uma “reconciliação” entre as duas ideias. Muito poderá ser discutido e apresentado em aulas fartamente ilustradas por imagens.*

*Dado o extenso programa do curso, o professor poderá fazer pequenas alterações no andamento das aulas, de acordo com as necessidades do próprio curso e conforme a aquiescência dos alunos.



A FELICIDADE NA ERA DIGITAL


De desejo universal a objeto fácil, a felicidade não é o que parece ser. Questão cultural, literária e poética, este é um tema cuja história é bem mais complexa, relacionada à filosofia e à ética, do que podem pressupor estes tempos virtuais. Em qualquer época, porém, a felicidade é o grande motivo pelo qual o ser humano escolhe ter um futuro. Esta palestra explora o sentido da felicidade como ideia construtora do mundo – um modo de se entendê-la dentro de um sistema que tudo transforma em mercadoria. Se a felicidade não se vende é porque ainda podemos sonhar com ela. Debatê-la é realizar o maior desejo filosófico, o de tentar compreendê-la à medida que se fez tema urgente do nosso tempo.



ÉTICA E DIVERSIDADE NO MARKETING


Como as marcas podem criar conteúdo que respeite a inteligência da audiência e ao mesmo tempo agregue valor e transforme a cultura? Em um cenário em que muitos já aprenderam o valor da diversidade, o marketing também precisa incorporar esse princípio ao seu dia dia, sob pena de se tornar irrelevante. Nesse encontro, a diretora da Abril Branded Content, Patrícia Weiss, apresenta as narrativas de empresas que vêm obtendo sucesso com o branded content com propósito e relevância.

 

*Os encontros do Saber Executivo ocorrem das 13h às 14h30, e os inscritos recebem um lunch box antes de cada aula.