Busca

     

Resultado



História da arte: o final do século XIX


Esse curso pretende oferecer um panorama do universo da história da arte ocidental do final do século XIX. Serão discutidos os múltiplos
movimentos artísticos que aconteceram nesse momento, como o Simbolismo e o Art Nouveau. Também serão abordadas as reformas urbanísticas modernizantes em aulas fartamente ilustradas.



O universo de símbolos e mitos na história da arte


Esse curso oferece um panorama sobre o universo dos símbolos e mitos da história da arte ocidental. Serão feitas uma introdução ao mundo do simbólico e uma exposição sobre os principais mitos gregos apresentados pelas artes visuais ao longo dos tempos.



Viajando pela França e pela sua história da arte


Esse curso pretende oferecer uma viagem virtual pelo interior da França começando pela Provence, seguindo por Languedoc-Roussillon, para chegarmos ao extremo do sudoeste. Voltando para o norte e nordeste iremos a Normandia, a Picardia, e às regiões de Champagne, Alsace e Lorraine. Um mundo de pequenas cidades, catedrais, museus e aromas de boa mesa e bons vinhos!



Como quatro gênios mudaram a história da arte


O curso analisa quatro dos maiores gênios da arte e tenta desvendar, na obra de cada um, o processo criativo desde o momento em que surge uma ideia, sua concepção e realização e, por fim, o quadro que causa espanto ao longo dos anos. Os encontros desvendam não apenas um pouco da história da arte através desses nomes, mas os processos criativos que levam à concepção de algo novo.



História da arte: primeiros momentos das vanguardas do século XX


Esse curso pretende oferecer uma visão ampla do universo da história da arte ocidental no início do século XX. Em aulas fartamente ilustradas por imagens, serão discutidos diversos movimentos artísticos que aconteceram durante o período da arte moderna, entre eles o Fauvismo, o Cubismo, o Expressionismo e o Dadaísmo.



História da arte: últimos momentos das vanguardas do século XX


Ilustrado por imagens, esse curso pretende apresentar um quadro dos últimos movimentos artísticos das vanguardas europeias no início do século XX. Serão discutidas questões relacionadas ao Surrealismo, ao Futurismo, ao Neoplasticismo e às Vanguardas Russas, seguidas de um olhar voltado para o design da Bauhaus e do movimento Art Déco.



Viajando por São Petersburgo e por sua história da arte


Um dos mais importantes centros europeus, São Petersburgo tem muito a oferecer no campo das artes. Essa palestra propõe uma viagem virtual pela cidade fundada por Pedro, o Grande, suas construções e museus desde o tempo dos czares Romanov. A visita por meio de imagens contemplará igrejas como Santo Isaac e a do Sangue Derramado, além da coleção do Museu Hermitage, bem como a pinacoteca do Museu do Estado Russo. Também será feito um passeio pelos palácios de Peterhof e Tsarskoye Selo.



Viajando por Moscou e por sua história da arte


A palestra propõe uma viagem virtual por Moscou, uma das mais importantes capitais europeias. Por meio de imagens, serão visitados os prédios da Praça Vermelha, os Tesouros do Kremlin, o Museu Histórico do Estado, a Galeria Tretyakov, com trabalhos de Surikov, Vrubel, Malevich, Kandinsky, Chagall, entre outros. O passeio também contempla o Mosteiro de São Sérgio, localizado fora da cidade.



História da arte na segunda metade do século XX e no século XXI


Esse curso pretende oferecer um panorama sobre a arquitetura e a escultura dos séculos XX e XXI, além de uma discussão sobre a história da arte ocidental na segunda metade do século XX e no século XXI. Serão apresentados os trabalhos dos principais arquitetos dessa época, de Frank Lloyd Wright e Le Corbusier até seus seguidores. Também serão vistos a multiplicidade no mundo da escultura, de Brancusi a Ron Mueck, e os múltiplos movimentos artísticos pós-Segunda Guerra Mundial. Diferentes das vanguardas, mas influenciadas por elas, essas linguagens artísticas tiveram características particulares que serão analisadas.



Lygia Clark, o abandono da arte


Na tênue fronteira entre a arte e a não arte, entre a estética e a imersão analítica, encontra-se Lygia Clark, uma artista cuja obra não está delimitada por molduras nem redomas. Lygia rompeu com a equação composta por autor e espectador, provocando novas sensações psíquicas e sensoriais a cada experiência estética com a participação do outro, seja em Caminhando ou em A casa é o corpo. Sua relevância internacional ficou mais uma vez evidente com a reunião de 300 obras suas em uma grande retrospectiva que se encerra no final de agosto no MoMA, em Nova York: Lygia Clark: The Abandonment of Art, 1948-1988 (Lygia Clark: O abandono da arte, 1948-1988). Para discutir o trabalho dessa criadora fundamental na história da arte brasileira, a CASA DO SABER RIO O GLOBO convida o poeta e crítico de arte Ferreira Gullar para um bate-papo com o também crítico de arte Luiz Camillo Osorio. Ao lado de Lygia Clark, Ferreira Gullar assinou, em 1959, o Manifesto Neoconcreto, que deu início a um movimento de reencontro artístico com a subjetividade. Luiz Camillo Osorio é o atual curador do MAM-RJ, museu que abrigou a 1ª Exposição de Arte Neoconcreta do país.



História da arte no Brasil - Do Brasil pré-colonial ao expressionismo no século XX


Esse curso oferece um panorama da história da arte brasileira desde antes da chegada dos portugueses. As aulas, fartamente ilustradas, abrangem o Brasil colonial; o período holandês na Região Nordeste e sua importante contribuição artística; a vinda da corte portuguesa, no início do século XIX; a passagem dos pintores viajantes; a criação da Escola de Belas Artes; a Semana de 22, o início da modernidade brasileira e o Expressionismo no país.  



Arte, do Maneirismo ao Barroco francês


O universo da história da arte ocidental, do período do Maneirismo até o Barroco na França, será mostrado com muitas imagens nesse curso. Serão analisadas as particularidades do Barroco católico e do Barroco protestante e suas múltiplas manifestações. Na França, a corte de Luís XIV, o nascimento do luxo e o apogeu de Versalhes ganharão destaque.  



A arte da primeira metade do século XIX


Esse curso pretende oferecer um panorama sobre a primeira metade do século XIX no universo da história da arte ocidental. Em aulas ilustradas, serão analisados os múltiplos movimentos artísticos do período — o Neoclassicismo, o Romantismo e o Realismo. Das escavações de Herculano e Pompeia à École de Barbizon, na França, passando pelas obras de Eugène Delacroix, Thédore Géricault e William Turner.



História da arte no Brasil


Esse curso oferece um panorama da história da arte brasileira, desde o período do Concretismo até os nossos dias. Em aulas ilustradas, apresentaremos a importância da arte concreta e neoconcreta, num período fecundo para a entrada do Brasil no cenário internacional. Analisaremos artistas que participaram das Bienais de São Paulo desde l951, com destaque para Ivan Serpa, Hélio Oiticica, Farnese de Andrade, Bispo do Rosário, Tomie Ohtake, entre outros, dada a sua relevância para o universo da arte brasileira do século XX. Também haverá lugar para explanações sobre a carreira e a obra dos principais integrantes da arte contemporânea de nossa terra.



Introdução à História da Arte


O curso oferece uma introdução ao universo da história da arte ocidental a partir de aspectos artísticos desenvolvidos da Pré-História à Antiguidade. Em aulas fartamente ilustradas, as análises abrangerão das pinturas das cavernas ao legado do antigo Egito, passando pelos monumentos da Mesopotâmia.



Arte, o legado greco-romano


O curso oferece um panorama sobre o universo da história da arte no Ocidente, do período grego ao romano. Em aulas fartamente ilustradas, se analisará o singular legado artístico deixado pelos gregos, que, mesmo em ruínas, continua a nos revelar sua grandeza. Em seguida, o foco se voltará para a magnitude do Império Romano e o início da arte paleocristã.



História da arte: da arte islâmica ao Renascimento


Esse curso oferece um percurso pela história da arte, partindo da arte islâmica até o Renascimento. Ao longo de quatro aulas fartamente ilustradas, será apresentada a arte da Idade Média, com os principais exemplos do românico e do gótico e o legado de seus grandes mestres.



Pré-estreia da série Incertezas Críticas


Incertezas Críticas é uma série documental com intelectuais de renome internacional. O objetivo é apresentar questões contemporâneas relevantes sobre arte, política, literatura, economia, relações internacionais, sociedade e história e permitir ao espectador entrar em contato com o trabalho dos principais pensadores da atualidade. Cada episódio traz um personagem principal, abordando algumas das questões fundamentais que ele tematiza em sua obra. Nesta temporada, os entrevistados são Jacques Rancière, Christian Boltanski, Axel Honneth, Andreas Huyssen, Antoine Compagnon, Elisabeth Roudinesco, Georges Didi-Huberman, Hal Foster, Jean-Luc Nancy, Jonathan Crary, Luc Ferry, Tzvetan Todorov e Umberto Galimberti.

O Canal Curta!, em parceria com a CASA DO SABER RIO, tem o prazer de te convidar para a sessão de pré-estreia da série. Faremos a exibição do episódio inédito com o filósofo e crítico de arte francês Georges Didi-Huberman, professor da École de Hautes Études en Sciences Sociales (Paris), que discorre sobre arte e psicanálise, história da arte e arte contemporânea, reflete sobre a relação entre arte e capitalismo e define o que é ser radical na arte contemporânea. Em seguida, teremos um debate com o historiador, roteirista e professor da Escola de Comunicação da UFRJ Maurício Lissovsky.

A série Incertezas Críticas, dirigida por Daniel Augusto, é uma produção original da Grifa Filmes com o Canal Curta!, financiada pelo Fundo Setorial do Audiovisual.

​  



História da arte: do Alto Renascimento a Michelangelo


Esse curso fará um percurso entre o Alto Renascimento a obra de Leonardo da Vinci, Rafael Sanzio e Michelangelo, para coroar a arte do Renascimento. Muito poderá ser discutido e apresentado em aulas fartamente ilustradas.



História da Arte: do Maneirismo aos primeiros momentos do Barroco


Esse curso oferece um percurso pela história da arte, partindo da arte maneirista para chegar até o início do Barroco. Ao longo de quatro aulas fartamente ilustradas, será apresentada a arte do Maneirismo, com obras de Brozino, Parmigianino e El Greco, entre outros. Veremos também o nascimento do Barroco e obras de artistas como Bernini, Caravaggio, Velázquez e Rubens, entre outros grandes mestres.



História da arte: Barroco holandês e francês e Rococó


Esse curso fará um percurso pelo singular Barroco holandês, mostrando obras de grandes pintores, como Rembrandt, Frans Hals, Vermeer. Depois seguirá com o Barroco na França, o nascimento do Rococó no país e sua continuação na Alemanha, na Rússia, na Áustria e em Portugal. Muito poderá ser discutido e apresentado em aulas fartamente ilustradas.