Busca

     

Resultado



Imprensa e mídia na era digital


A imprensa é, há décadas, arena de reverberação das ideias e dos clamores da sociedade. A atividade jornalística se consolidou como canal de interlocução entre a sociedade civil, as instituições e os poderes – tanto que chegou a ser chamada, talvez exageradamente, de “quarto poder”. Todos somos impactados pela imprensa, de alguma forma e em alguma medida, seja como cidadãos comuns, seja como protagonistas em organizações de diversas naturezas. Em meio à acelerada profusão de informações, como se informar melhor? Quais os riscos envolvidos? Esse curso aborda as recentes transformações da imprensa e mostra como o jornalismo tem se adaptado a tais mudanças, tanto como meio de informação quanto como empresa.



A fotografia contemporânea na arte, no jornalismo, na publicidade e na tecnologia


Encontro com quatro grandes fotógrafos brasileiros que farão uma análise das imagens em diferentes campos da visualidade em conversas com o professor, crítico de arte e curador Mauro Trindade. Rogério Faissal, da renomada Agência Tyba e com exposições na Caixa Cultural e Biblioteca Nacional, tratará de publicidade; Zeka Araújo, criador do Núcleo de Fotografia da Funarte, discutirá jornalismo e novas mídias; Ana Stewart, fundadora da Galeria da Gávea e artista cuja obra integra, entre outras coleções, a Maison Européenne de la Photographie, falará sobre fotografia e mercado de arte; Renan Cepeda, com 22 exposições individuais e mais de 20 coletivas em Tóquio, Amsterdã, Nova York e Paris, além do Brasil, apresentará a fotografia invisível obtida por infravermelho e light painting.



Viajando por destinos polêmicos


Em 2004, três amigos de infância planejavam uma viagem à Indonésia, quando o país foi devastado por um violento tsunami. O que seria uma surf trip acabou se tornando o documentário Indo.doc, com entrevistas e depoimentos sobre o impacto da tragédia nas cidades mais atingidas. A partir do projeto, nascia o Não conta lá em casa (Multishow), série televisiva que mistura documentário, jornalismo e reality-show e está em sua oitava temporada. A premissa do programa é entrar em contato com contextos políticos e sociais de locais que não costumam figurar em guias de turismo tradicionais: estão em conflito ou são profundamente estereotipados pelo senso comum.

A CASA DO SABER RIO O GLOBO recebe André Fran, um dos integrantes da equipe do Não conta lá em casa, para contar sua experiência de viajar filmando por países como Irã, Iraque, Afeganistão, Israel, Palestina e Egito, durante a Primavera Árabe, e até pelo Curdistão, país que não é país.



Jornalismo extremo


No dia 25 de abril de 2015, um terremoto de 7,8 graus na escala Richter devastou o Nepal e deixou cerca de dez mil mortos. No epicentro da tragédia estava a equipe do Planeta Extremo, programa exibido na TV Globo, que viajava para gravar um episódio a 300 km da capital Katmandu – a cidade mais atingida. Perplexos com a violência do tremor e preocupados com a própria segurança, tiveram poucos minutos para agir. Duas horas depois, já estava no ar a primeira reportagem sobre o terremoto. Nos dois dias seguintes, o Planeta Extremo foi a única equipe estrangeira a entrar ao vivo e atualizar as notícias diretamente de Katmandu. Um furo mundial conseguido em uma combinação de sorte, coragem e profissionalismo.

Para uma conversa sobre os bastidores dessa cobertura e sobre como trabalhar em condições adversas e em lugares inóspitos, a CASA DO SABER RIO O GLOBO recebe a equipe do Planeta Extremo, finalista do Prêmio Emmy em 2012, e um dos mais respeitados programas de jornalismo de aventura da TV brasileira.