A BIPOLARIDADE EM QUESTÃO

PARA ONDE NOS LEVARÁ ESSA ATORMENTADA MONTANHA-RUSSA DE SENTIMENTOS INTENSOS?


Ricardo Krause

De 10 a 17 de setembro - Segundas-feiras - das 17h às 19h - 2 encontros

Vivemos, cada vez mais, tempos em que a euforia torna-se meta e principal indicador de sucesso e realização. Por sua vez, qualquer tipo de tédio ou tristeza remete a doenças passíveis de intervenção médica. Até que ponto essas e outras modalidades de desconforto existencial precisam ser tratadas com medicamentos? Será a euforia um ultimato de uma época para lá de acelerada? Ou será que esse estado eufórico que transmite velocidade, poder e fúria também merece ser analisado e, algumas vezes, evitado? Para onde nos levará essa atormentada montanha-russa de sentimentos intensos?

INSCRIÇÃO ONLINE
Valor R$ 200,00

INSCREVA-SE AQUI

Conheça as formas de pagamento e a
política de cancelamento

ÁREA DO ALUNO
Faça o download do material do curso

aulas


  • 10 SET | 1000 ANOS A 10 – BIPOLARIDADE E DEPRESSÃO

    A evolução da bipolaridade através dos tempos: do rei Saul (1079 a.C.-1012 a.C) a Britney Spears. Tédio, tristeza e outras modalidades de desconforto existencial que não precisam ser medicadas (mas são). Novos recursos e novas perspectivas no diagnóstico e tratamento da depressão. As formas confundidas e despercebidas de sofrimento.


  • 17 SET | 10 ANOS A 1000 – BIPOLARIDADE E MANIA

    Velozes, furiosos, sexualizados e poderosos: os sofrimentos da euforia. O sucesso dos hipertímicos, a inadequação dos ciclotímicos e o correr na beira do abismo dos boderlines: diversos matizes de alteração do humor. A “epidemia” de bipolaridade na infância: refletindo sobre os excessos médicos e suas consequências.


ministrado por


  • Ricardo Krause

    Médico especialista em Psiquiatria e Psiquiatria da Infância e Adolescência pela Associação Brasileira de Psiquiatria. Membro da Associação Americana de Psiquiatria e da Academia Americana de Psiquiatria da Infância e Adolescência. Atual presidente da Associação Brasileira de Neurologia, Psiquiatria Infantil e Profissões Afins (Abenepi-RJ) e da Abenepi nacional.

INSCREVA-SE AQUI