A FILOSOFIA ENCONTRA A LITERATURA

BECKETT, PESSOA E KAFKA


Leandro Chevitarese

De 14 a 28 de junho - Terças-feiras - das 20h às 22h - 3 encontros

Discourse-into-the-night

O encontro entre a filosofia e a literatura oferece um significativo horizonte para consideração acerca de questões fundamentais ao pensamento. Foram muitos os autores da literatura mundial que beberam na fonte da filosofia de Arthur Schopenhauer, por exemplo, como Samuel Beckett, Jorge Luis Borges, Franz Kafka, Machado de Assis, Marcel Proust, Thomas Mann, Turgueniev e Fernando Pessoa, entre outros.

Nesse curso, três importantes temas schopenhauerianos – tragicidade da existência, tédio e liberdade – serão investigados a partir de diálogos entre a filosofia e a literatura.

ÁREA DO ALUNO
Faça o download do material do curso

aulas


  • 14 JUN | A “TRAGICIDADE DA EXISTÊNCIA” EM BECKETT

    Schopenhauer dialoga com Esperando Godot.


  • 21 JUN | O “TÉDIO” EM FERNANDO PESSOA

    Schopenhauer dialoga com O livro do desassossego, do heterônimo Bernardo Soares.


  • 28 JUN | A “LIBERDADE DE SER O QUE SE É” EM KAFKA

    Schopenhauer dialoga com o conto Um artista da fome.


ministrado por


  • Leandro Chevitarese

    Doutor em Filosofia pela PUC-Rio. Professor adjunto de Filosofia do Departamento de Educação e Sociedade da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ); professor do programa de Pós-Graduação em Filosofia da UFRRJ, na linha de pesquisa Subjetividade, Ética e Política; professor convidado da Especialização em Filosofia Contemporânea da PUC-Rio.