A INFÂNCIA NO DIVÃ

FREUD, KLEIN, WINNICOTT


Ana Maria Furtado, Pedro Salem, Silvia Zornig

De 04 a 18 de março - Sextas-feiras - das 19h30 às 21h30 - 3 encontros

Créditos: dessins d'enfants a la craie

Freud chocou a sociedade do final do século XIX e início do século XX ao criticar a moral pedagógica vigente e propor a noção de uma criança dotada de sexualidade, com fantasias e desejos não “domesticáveis” em oposição radical à criança enquanto ideal social. A partir dessas ideias, Melanie Klein e D.W. Winnicott dedicaram grande parte de seu trabalho ao estudo da infância e desenvolveram estudos essenciais para a psicanálise.

Que particularidades diferenciam uma criança de um adulto? Pode ela ser tratada da mesma forma que uma pessoa madura? Como a psicanálise enxerga e aborda o universo infantil e quais as funções de uma terapia destinada a esse público? Essas e outras questões serão abordadas nesse curso a partir das contribuições dadas por Freud, Klein e Winnicott.

ÁREA DO ALUNO
Faça o download do material do curso

aulas


  • 04 MAR | KLEIN
    O contexto no qual Melanie Klein formulou suas principais ideias e sua influência na constituição da psicanálise com crianças. A compreensão do mundo mental infantil: as angústias da infância, o brincar, o complexo de Édipo, o superego e a inveja.
    PEDRO SALEM


  • 11 MAR | FREUD
    A infância trazida por Freud é mais do que uma etapa de desenvolvimento, é um movimento privilegiado da constituição do psiquismo, quando se inicia o processo de subjetivação. Quais as principais contribuições freudianas para a constituição psíquica na infância e qual a relevância de seus conceitos na atualidade.
    SILVIA ZORNIG  


  • 18 MAR | WINNICOTT
    As principais contribuições de D.W. Winnicott para a psicanálise do século XX e sua influência na clínica psicanalítica contemporânea. A função do brincar na estruturação da personalidade.
    ANA MARIA FURTADO


ministrado por


  • Ana Maria Furtado

    Psicanalista e psicóloga, doutora em Saúde Coletiva pelo Instituto de Medicina Social da Uerj e mestre em Psicologia Clínica pela PUC-Rio. Membro efetivo do Círculo Psicanalítico do Rio de Janeiro (CPRJ).

  • Pedro Salem

    Psicanalista, mestre e doutor em Saúde Coletiva pelo Instituto de Medicina Social da Uerj. Membro efetivo do Círculo Psicanalítico do Rio de Janeiro (CPRJ). Autor dos livros Do luxo ao fardo: um estudo histórico sobre o tédio (2004) e Dimensões da intersubjetividade (2012).

  • Silvia Zornig

    Psicanalista membro da Sociedade de Psicanálise Iracy Doyle (SPID). Doutora em Psicologia Clínica pela PUC-Rio, mestre em Saúde Mental pela Columbia University (EUA), professora do Programa de Pós-Graduação da PUC-Rio, coordenadora acadêmica do curso de especialização em Psicologia Clínica com crianças da PUC-Rio.