A MOEDA E A LEI – UMA HISTÓRIA DAS INSTITUIÇÕES MONETÁRIAS


Gustavo H.B. Franco

19 de julho - Quinta-feira - das 19h30 às 21h30

CONCLUÍDO

Em 1933, na maior parte do mundo, o dinheiro perdeu seus vínculos com a natureza, e de moedas de ouro, prata e outros metais tornou-se apenas uma convenção social: uma criatura da lei. Nesse encontro, o economista Gustavo Franco, ex-presidente do Banco Central do Brasil, apresenta a história das instituições monetárias brasileiras, tendo como fio condutor o olhar econômico sobre a letra da lei.

ÁREA DO ALUNO
Faça o download do material do curso

ministrado por


  • Gustavo H.B. Franco

    Economista. Foi diretor e presidente do Banco Central do Brasil (1993-1999) e um dos criadores do Plano Real. É sócio fundador e estrategista-chefe da Rio Bravo Investimentos. Participa e participou de diversos conselhos consultivos e de administração (Nubank, Daycoval, Unik, BM&FBovespa, Via Varejo, Telemig, entre outras instituições). Professor do Departamento de Economia da PUC-Rio desde 1986, foi professor visitante e fellow nas universidades da California, Stanford e Harvard (EUA). É autor de 14 livros, entre os quais O desafio brasileiro; A economia em Machado de Assis; A economia em Pessoa; Shakespeare e a economia; e A moeda e a lei: uma história monetária brasileira, 1933-2013.