A MORTE COMO POTENCIALIZADORA DA VIDA

EXERCÍCIOS E REFLEXÕES SOBRE A FINITUDE


Ana Claudia Quintana Arantes

04 de agosto - Sábado - das 09h30 às 12h

Conversar sobre a morte e sobre o sentido de morrer significa entregar-se a sentimentos difíceis. Durante toda a vida nos preparamos para as possibilidades que ela pode proporcionar. Sonhamos com nosso futuro e vamos à luta. Sonhos tão humanos de ter uma carreira, uma família, um amor (ou vários), filhos, casa própria, viagens, e de ser alguém na nossa própria vida (ou na vida de alguém). Buscamos orientação para as coisas mais incertas.

Quem garante que vamos ter sucesso na carreira? Quem garante que encontraremos o amor da nossa vida? Que teremos filhos? Quem garante? Ninguém garante nada sobre essas possibilidades – a morte é a única garantia que temos. Não importa quantos anos vivamos, quantos diplomas tenhamos, o tamanho da família que formemos. Com ou sem amor, com ou sem filhos, com ou sem dinheiro, o fim de tudo, a morte, chegará. E por que não nos preparamos? Por que não conversamos abertamente sobre essa única certeza?

Pensar que a morte nos traz um sentimento paradoxal de abundância e de vontade de viver. Esse é o mote principal que nos guiará nesse encontro com a doutora Ana Cláudia Arantes, que provocará a plateia com uma série de exercícios que estimulam a reflexão sobre a finitude da vida, a experiência do luto e do pesar, a lida com os nossos limites diários e com as diversas perdas que experimentamos ao longo da vida.

 

EM CASO DE INSCRIÇÃO SIMULTÂNEA PARA DUAS PESSOAS, SERÁ CONCEDIDO DESCONTO DE 20% NA SEGUNDA INSCRIÇÃO. DESCONTO VÁLIDO APENAS PARA VENDAS PELO TELEFONE 2227-2237 E NÃO CUMULATIVO COM OUTRAS PROMOÇÕES. 

 


PARCERIA

ÁREA DO ALUNO
Faça o download do material do curso

ministrado por


  • Ana Claudia Quintana Arantes

    Médica formada pela USP com residência em Geriatria e Gerontologia no Hospital das Clínicas da FMUSP. Especializada em Cuidados Paliativos pelo Instituto Pallium e pela Universidade de Oxford. É sócia fundadora da Associação Casa do Cuidar, Prática e Ensino em Cuidados Paliativos. Participou do TEDx FMUSP com a palestra “A Morte é um dia que vale a pena viver”. Em seu consultório particular, atende pacientes da geriatria, de cuidados paliativos e de suporte ao luto. É autora de A Morte é um dia que vale a pena viver e coautora de Cuidado Paliativo do Conselho Regional de Medicina do Estado de São Paulo (CREMESP) e do Manual de Cuidados Paliativos – ANCP.