ÁFRICA CONTEMPORÂNEA - O QUE A HISTÓRIA TEM A DIZER?


Murilo Sebe Bon Meihy

De 18 de setembro a 02 de outubro - Sextas-feiras - das 19h30 às 21h30 - 3 encontros

Justin S. Campbell

Apesar do inegável vínculo cultural do Brasil com diferentes povos de origem africana, a história contemporânea da África ainda é pouco explorada dentro e fora da academia. O objetivo desse curso é analisar os momentos mais críticos da trajetória recente de alguns países africanos, marcados, sobretudo, por estereótipos e representações na imprensa e na produção cultural. A história tem muito mais a dizer sobre o outro lado do Atlântico do que dizem o cinema hollywoodiano e os documentários da National Geographic.

ÁREA DO ALUNO
Faça o download do material do curso

aulas


  • 18 SET | A INVENÇÃO DO CONTINENTE AFRICANO
    A África vista pelos europeus, pelos árabes e pelos brasileiros.


  • 25 SET | NORTE DA ÁFRICA E ÁFRICA OCIDENTAL
    O imperialismo formal, a descolonização e os Estados pós-coloniais. Norte da África: entre o ativismo político islâmico e as tradições locais. África Ocidental: mais do que diamantes de sangue e mares de petróleo.


  • 02 OUT | SUL DA ÁFRICA E ÁFRICA CENTRO-ORIENTAL
    Violência e intolerância como heranças coloniais. Sul da África: guerra civil, segregação e novos desafios. África Centro-Oriental: o esquecimento do antigo Coração das trevas e a memória de Ruanda e Burundi.


ministrado por


  • Murilo Sebe Bon Meihy

    Formado em História pela PUC-Rio, mestre em História Social da Cultura pela mesma instituição, mestre em Estudos Árabes e Islâmicos pela Universidad Autónoma de Madrid (Espanha) e doutor em Estudos Árabes pela USP. É professor de História Contemporânea na UFRJ e autor de As mil e uma noites mal dormidas: a formação da República Islâmica do Irã e Os libaneses, entre outros livros.