ANSIEDADE E TDAH: O QUE AFLIGE PAIS, PROFESSORES E ALUNOS


Giuseppe Pastura

07 de maio - Segunda-feira - das 17h às 19h

Distúrbios psiquiátricos são quase sempre cercados de dúvidas e tabus. Quando acometem a infância, então, costumam deixar a família e a escola desorientadas. Nesse encontro, o neuropediatra Giuseppe Pastura abordará duas das condições clínicas que mais atingem crianças, o Transtorno do Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDAH) e os Transtornos de Ansiedade, para municiar pais e educadores com informações importantes para ajudá-las.

 

Extremamente comum nessa fase da vida, atingindo cerca de 5% dos estudantes, o TDAH caracteriza-se por comportamento desatento e/ou hiperativo em intensidade maior do que a observada em crianças de nível de desenvolvimento semelhante. Sem tratamento, provoca baixa autoestima, dificuldade de socialização e baixo rendimento escolar.

 

Já os sintomas dos Transtornos de Ansiedade podem variar desde um simples medo de inseto até o medo de se separar dos pais para ir à escola ou intensas preocupações com situações futuras. Crianças acometidas costumam apresentar queixas associadas, como dor abdominal, cefaleia, fadiga excessiva, irritabilidade, tensão muscular e distúrbios do sono.

ÁREA DO ALUNO
Faça o download do material do curso

ministrado por


  • Giuseppe Pastura

    Neurologista pediátrico e professor adjunto do Departamento de Pediatria da Faculdade de Medicina da UFRJ. Doutor e mestre em Clínica Médica pela UFRJ, MBA em Gestão de Saúde pelo Instituto Coppead/UFRJ e pós-doutor em TDAH pela Würzburg Universität (Alemanha). Coordenador do Ambulatório de Aprendizagem e Saúde Escolar do IPPMG/UFRJ, diretor adjunto de Atividades Acadêmicas no mesmo IPPMG/UFRJ e membro do Comitê de Saúde Escolar da Sociedade de Pediatria do Estado do Rio de Janeiro (Soperj).