BACH, MOZART E BEETHOVEN

TRÊS MESTRES ESSENCIAIS


Arthur Dapieve

De 29 de abril a 13 de maio - Quartas-feiras - das 20h às 22h - 3 encontros

CONCLUÍDO

Quem está interessado em conhecer o universo da música clássica tem três portas seguras à disposição, entradas que facilitarão a viagem. E quem já está envolvido com a música clássica tem três portos seguros, aos quais sempre retornar, não importa quão longe tenha ido. Bach, Mozart e Beethoven são ao mesmo tempo essas portas e esses portos.

Tendo vivido num período relativamente curto, que vai do nascimento de Bach, em 1685, à morte de Beethoven, em 1827, eles estabeleceram os paradigmas pelos quais julgamos a música e exploraram os seus limites.

O curso busca discutir, com curiosos e iniciados, o que torna esses três nomes hors-concours em listas de compositores favoritos, clássicos entre os clássicos. Para isso, serão apresentados episódios de suas biografias em paralelo com exemplos de suas obras mais importantes.

ÁREA DO ALUNO
Faça o download do material do curso

aulas


  • 29 ABR | JOHANN SEBASTIAN BACH  com ARTHUR DAPIEVE
    A existência tranquila em Leipzig. O pai de toda a música ocidental. Das suítes para violoncelo solo até a Missa em si menor.


  • 06 MAI | WOLFGANG AMADEUS MOZART  com ARTHUR DAPIEVE
    A existência agitada nas estradas da Europa. O compositor mais que completo. Das sonatas para piano até A flauta mágica.


  • 13 MAI | LUDWIG VAN BEETHOVEN  com ARTHUR DAPIEVE
    A existência tempestuosa em Viena. O padroeiro do longevo Romantismo musical. Dos quartetos de cordas até a Nona sinfonia.


ministrado por


  • Arthur Dapieve

    Professor do Departamento de Comunicação Social da PUC-Rio. Colunista do jornal O Globo desde 1993. Autor de 12 livros, entre ficção e não ficção, como a coletânea de contos Maracanazo e outras histórias e o perfil Renato Russo: o Trovador Solitário. Apresenta um programa de música clássica na Rádio Batuta, do Instituto Moreira Salles.