BLAISE PASCAL E O CRISTIANISMO TRÁGICO


José Thomaz Brum

De 10 de junho a 01 de julho - Quartas-feiras - das 20h às 22h - 4 encontros

“O único cristão lógico”, assim falava Nietzsche deste que é o mais importante representante moderno do Cristianismo de São Paulo e de Santo Agostinho: Blaise Pascal (1623-1662). O curso apresentará os fragmentados e póstumos Pensamentos (1670), que inspiraram tanto o poeta Charles Baudelaire quanto os existencialistas.

ÁREA DO ALUNO
Faça o download do material do curso

aulas


  • 10 JUN | ENTRE A FILOSOFIA E A FÉ


  • 17 JUN | A FIGURA DO CRISTO E O PONTO IMPERCEPTÍVEL


  • 24 JUN | A APOSTA EM DEUS


  • 01 JUL | PASCAL E NIETZSCHE


ministrado por


  • José Thomaz Brum

    Professor de Estética no Curso de Especialização em História da Arte da PUC-Rio. Licenciado e mestre em Filosofia pela mesma instituição, é doutor em Filosofia pela Universidade de Nice, França. Publicou Nietzsche: as artes do intelecto, O pessimismo e suas vontades Schopenhauer et Nietzsche: vouloir-vivre et volonté de puissance. É tradutor de Clément Rosset e Emil Cioran.