CLUBE DE LEITURA


Beatriz Malcher

De 27 de abril a 06 de julho - Sextas-feiras - das 17h às 19h - 3 encontros

O Clube de Leitura da CASA DO SABER RIO visa estimular a leitura e a releitura de clássicos da literatura universal e a troca de ideias entre os participantes, de modo a colocar em contato pontos de vista distintos e eventualmente complementares sobre uma mesma obra. Os encontros mensais são coordenados por Beatriz Malcher, que, além de sistematizar o programa de leitura e de auxiliar na articulação dos debates, apresenta nas reuniões uma contextualização histórica, literária e artística do livro e de seu autor, estabelecendo conexões entre os diferentes textos analisados.

Recomenda-se aos inscritos a leitura prévia das obras que serão trabalhadas nos encontros.

 

ATENÇÃO: A DATA DO ÚLTIMO ENCONTRO FOI ALTERADA PARA 06 DE JULHO.

Valor R$ 300,00

Vendas somente por telefone
Tel: (21) 2227-2237

ÁREA DO ALUNO
Faça o download do material do curso

aulas


  • 27 ABR | MEMÓRIAS DO SUBSOLO, DE FIÓDOR DOSTOIÉVSKI

    Também traduzido como Notas do Subterrâneo ou Notas do Subsolo, esse romance apresenta peculiaridades fundamentais da obra de Dostoiévski: a força argumentativa e crítica de seus textos, a multiplicidade narrativa, a autenticidade de vozes e a forma com a qual a densidade psicológica de seus personagens é relacionada ao meio social em que se inserem.


  • 25 MAI | DOM CASMURRO, DE MACHADO DE ASSIS

    Ultrapassando o debate clássico a respeito da traição de Capitu, nas últimas décadas novos pontos de vista críticos foram lançados sobre o romance, expondo sua complexidade formal e narrativa. Sua profundidade para tratar a relação entre as classes sociais e os gêneros no Brasil, assim como sua forma particular de levar para o centro do texto o problema de um processo de modernização que não se realiza plenamente, são pontos cruciais que fazem com que este livro preserve até hoje a sua atualidade.


  • 06 JUL | A HORA DA ESTRELA, DE CLARICE LISPECTOR

    A multiplicidade narrativa e a complexificação da relação entre vida psicológica e social desenvolvidas por Dostoiévski e, posteriormente, adensadas por James Joyce, Virginia Woolf e Marcel Proust, ganham uma nova coloração na literatura nacional quando passam pelas mãos de Lispector, que trabalha de forma densa e particular estas dimensões. Por outro lado, é evidente a influência de Machado de Assis sobre a sua obra, o que fica mais claro no estudo do narrador e das temáticas presentes em A Hora da Estrela.


ministrado por


  • Beatriz Malcher

    Pesquisadora do CNPq e doutoranda em Ciência da Literatura (Teoria Literária) pela UFRJ. Mestre em Comunicação e Cultura e bacharel em Comunicação Social pela mesma instituição. Fez ainda extensões acadêmicas, como “Nietzsche e o pensamento trágico” e “Design da estrutura da narrativa cinematográfica”, na PUC-Rio, universidade na qual cursa, atualmente, a licenciatura em Português e Literatura. É técnica em Fotografia pelo Senac-RJ.