CORRIDA ARMAMENTISTA NA GUERRA FRIA


Fernando Neves Da Costa Maia

De 15 a 29 de outubro - Segundas-feiras - das 19h30 às 21h30 - 3 encontros

Durante décadas, a população mundial viveu sob o temor constante de uma hecatombe nuclear. Após o fim da Segunda Guerra Mundial, a busca por segurança e poder levou as duas principais potências da época, Estados Unidos e União Soviética, a empreenderem uma corrida armamentista sem precedentes na história global. Mesmo que um confronto direto nunca tenha ocorrido, a Guerra Fria (1946-1991) teve papel decisivo nos rumos do planeta.

Nesse curso, analisaremos o contexto histórico e político que fomentou esse padrão de competição entre as potências e os seus efeitos para o sistema internacional. Apresentaremos, ainda, um panorama dos tratados de controle de armamentos e como eles se refletem na política contemporânea.

Valor R$ 300,00

Vendas somente por telefone
Tel: (21) 2227-2237

ÁREA DO ALUNO
Faça o download do material do curso

aulas


  • 15 OUT | ANTECEDENTES E ALGUNS CONCEITOS
     

    Apresentação dos conceitos de segurança internacional, armas nucleares e corrida armamentista.


  • 22 OUT | CONTENÇÃO E DÉTENTE

    As “dissidências” - China, Índia, Paquistão, entre outros.


  • 29 OUT | CRISES E CONTROLES

    Crises internacionais e as tentativas de controle de armamentos. Política internacional contemporânea – “Quo vadis?”.


ministrado por


  • Fernando Neves Da Costa Maia

    Professor da Instituto de Relações Internacionais da PUC-Rio. Possui graduação, especialização e mestrado em Relações Internacionais pela PUC-Minas. É doutor em Relações Internacionais pela PUC-Rio. Foi Coordenador adjunto da Graduação no IRI/PUC-Rio.