DA SEGURANÇA PÚBLICA À POLÍTICA DE DROGAS – COMO TORNAR NOSSAS CIDADES MAIS SEGURAS?


Ilona Szabó

18 de maio - Sexta-feira - das 19h30 às 21h30

O direito à segurança é uma necessidade básica do cidadão e um dos pilares de nossa Constituição. Porém, tudo indica que em 2018 pelo menos 60 mil brasileiros serão assassinados. Por quê? Como evitar?

Nosso país é o campeão em mortes violentas no mundo, com cerca de 60 mil ocorrências por ano. A maioria das vítimas é jovem, negra, do sexo masculino e perde a vida sob a ação de armas de fogo. Parte considerável desses homicídios e quase 30% da população carcerária mantêm relações com o tráfico de drogas. Assim, a segurança pública e a política de drogas são temas afins quando se busca combater a violência em nossas cidades.

Com o objetivo de analisar tais questões, a CASA DO SABER RIO convida a pesquisadora Ilona Szabó , uma das vozes mais influentes sobre o tema, para um encontro esclarecedor. Hoje, no limite de uma situação de violência permanente no país, em especial no Rio de Janeiro, ela apresenta estratégias bem-sucedidas de redução de crimes ao redor do mundo e afirma: “A segurança pública não tem lado. ”

ÁREA DO ALUNO
Faça o download do material do curso

ministrado por


  • Ilona Szabó

    Diretora executiva do Instituto Igarapé. Foi secretária executiva da Comissão Global de Políticas sobre Drogas entre 2011 e 2016 . Coordenou, entre 2003 e 2005, um dos maiores programas de entrega voluntária de armas do mundo, responsável por coletar e destruir 500 mil armas em circulação no Brasil. Pesquisadora, é co-roteirista do documentário sobre políticas de drogas Quebrando o tabu e autora do livro Drogas: as histórias que não te contaram.