DEPRESSÃO À LUZ DA PSICANÁLISE E DA PSIQUIATRIA


Ricardo Krause, Sandra Niskier Flanzer

De 23 a 30 de agosto - Quartas-feiras - das 19h30 às 21h30 - 2 encontros

A humanidade sempre apresentou variadas formas de lidar com a dor. Como diferenciar, à luz da psicanálise e da psiquiatria, a tristeza, a depressão e a dor de existir? A depressão se refere a uma perda fundamental que é, por vezes, tão inevitável quanto necessária. Freud distingue uma perda vivida como luto de outra que permanece sem elaboração (melancolia). A tristeza vivenciada pela ausência de um objeto difere da prostração advinda de uma posição na qual nada é capaz de afetar o sujeito, um “esvaziamento do eu”, um furo cavado por onde a vida escoa.

Como separar o joio do trigo? Veremos o que a psiquiatria tem a dizer sobre a atual profusão de diagnósticos de depressão. A modernidade trouxe este paradoxo: estamos mais conectados, mas claramente mais deprimidos. Essas e outras questões serão abordadas nesse curso.

ÁREA DO ALUNO
Faça o download do material do curso

aulas


  • 23 AGO | DEPRESSÃO SOB A ÓTICA DA PSICANÁLISE 

    SANDRA NISKIER FLANZER

    Depressão: dor ou ausência de dor? O “nada” para além da moldura vazia.  


  • 30 AGO | DEPRESSÃO SOB A ÓTICA DA PSIQUIATRIA

    RICARDO KRAUSE

    O que a ciência tem a nos ensinar sobre a depressão, dado o aumento significativo de diagnósticos, sobretudo na última década?    


ministrado por


  • Ricardo Krause

    Médico especialista em Psiquiatria e Psiquiatria da Infância e Adolescência pela Associação Brasileira de Psiquiatria. Membro da Associação Americana de Psiquiatria e da Academia Americana de Psiquiatria da Infância e Adolescência. Atual presidente da Associação Brasileira de Neurologia, Psiquiatria Infantil e Profissões Afins (Abenepi-RJ) e da Abenepi nacional.

  • Sandra Niskier Flanzer

    Psicanalista. Pós-doutoranda do Programa de Teoria Psicanalítica da UFRJ. Mestre e doutora em Teoria Psicanalítica pela UFRJ. Membro do Tempo Freudiano Associação Psicanalítica. Autora dos livros a palavra, Por um, segundo, Re/talhos e do quarto.