EXTERMÍNIO NAZISTA: A MÁQUINA DO TERROR


Luis Edmundo De Souza Moraes

De 20 a 27 de fevereiro - Terças-feiras - das 19h30 às 21h30 - 2 encontros

Tratar das políticas de exclusão e de extermínio nazistas é lidar com uma das mais violentas rupturas com a imagem que o mundo ocidental, pensado como moderno e civilizado, tinha de si próprio. Isso porque não era concebível que no coração da Europa pudesse existir uma indústria racionalmente organizada para matar pessoas. Essa indústria resultou de uma utopia racista e excludente centrada em um programa de construção de uma sociedade homogênea. O nazismo levou ao extremo a ideia de que a diferença não era nem desejável e nem tolerável por meio do projeto de eliminar fisicamente grupos humanos.

 

O propósito deste curso é oferecer um tratamento panorâmico dessa política e refletir sobre as condições que a tornaram socialmente possível.

ÁREA DO ALUNO
Faça o download do material do curso

aulas


  • 20 FEV | O NACIONAL-SOCIALISMO E O PROJETO DE UMA SOCIEDADE HOMOGÊNEA

    Racismo como chave para o programa de mundo nazista.


  • 27 FEV | O TERCEIRO REICH E A CONSTRUÇÃO DE UMA SOCIEDADE HOMOGÊNEA

    Da exclusão social ao extermínio.


ministrado por


  • Luis Edmundo De Souza Moraes

    Professor associado de História Contemporânea do Departamento de História e Relações Internacionais e do Programa de Pós-Graduação em História da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ), onde coordena o Núcleo de Estudos da Política. Doutor em História pelo Centro de Pesquisas sobre o Antissemitismo da Universidade Técnica de Berlim, mestre em Antropologia Social pelo Museu Nacional/UFRJ, universidade na qual se formou historiador.