FAKE NEWS : DISSEMINAÇÃO, IMPACTOS POLÍTICOS E CHECAGEM DE FATOS


Arthur Ituassu, Tai Nalon

De 30 de julho a 06 de agosto - Segundas-feiras - das 19h30 às 21h30 - 2 encontros

A disseminação de notícias falsas – as chamadas fake news, no termo em inglês – desempenha um papel cada vez mais decisivo no ambiente político-eleitoral. A saída do Reino Unido da União Europeia e a eleição do magnata Donald Trump à presidência dos Estados Unidos são os exemplos mais vistosos desse fenômeno, mas estão longe de ser os únicos. Turbinadas pela tendência humana de não desconfiar de informações que reforcem suas crenças e viralizadas com a ajuda de perfis falsos e de contas robôs (bots), as falsas notícias muitas vezes geram mais engajamento do que informações que poderiam ser facilmente verificadas.

Nesse cenário em que notícias, vídeos e imagens falsos têm cada vez mais influência para moldar a opinião pública, a checagem das informações mais compartilhadas nas redes torna-se fundamental. Nesses dois encontros, a CASA DO SABER RIO recebe dois especialistas que apresentarão um histórico desse fenômeno, discorrerão sobre os seus impactos políticos e explicarão como é feito o processo de fact checking, compartilhando dicas que podem ser usadas por todos para verificar a credibilidade de informações.

INSCRIÇÃO ONLINE
Valor R$ 200,00

INSCREVA-SE AQUI

Conheça as formas de pagamento e a
política de cancelamento

ÁREA DO ALUNO
Faça o download do material do curso

aulas


  • 30 JUL | O FENÔMENO DAS FAKE NEWS: SUAS FORMAS DE PROPAGAÇÃO E SEUS IMPACTOS POLÍTICOS


  • 06 AGO | CHECAGEM DE FATOS: COMO DETECTAR INFORMAÇÕES FALSAS?


ministrado por


  • Arthur Ituassu

    Professor de Comunicação Política da PUC-Rio, doutor em Relações Internacionais, coordenador do Grupo de Pesquisa em Comunicação, Internet e Política (Comp), pesquisador associado ao Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia em Democracia Digital (INCT-DD), presidente da Associação Brasileira de Pesquisadores em Comunicação e Política (Compolítica) e membro da World Association for Public Opinion Research (Wapor).

  • Tai Nalon

    Diretora executiva e cofundadora da agência de checagem Aos Fatos. Jornalista pela Uerj, trabalhou na Folha de S.Paulo em Brasília, no Rio de Janeiro e em São Paulo por quase seis anos, veículo pelo qual cobriu diariamente o cotidiano da ex-presidente Dilma Rousseff. Foi indicada em 2009 ao Prêmio Nuevo Periodismo. Passou também pelas redações de Veja e G1.

INSCREVA-SE AQUI