HISTÓRIA DA ARTE NA SEGUNDA METADE DO SÉCULO XX E NO SÉCULO XXI

ARQUITETURA E ESCULTURA


Hélio Márcio Dias Ferreira

De 11 de agosto a 06 de outubro - Segundas-feiras - das 20h às 22h - 9 encontros

Reprodução

Esse curso pretende oferecer um panorama sobre a arquitetura e a escultura dos séculos XX e XXI, além de uma discussão sobre a história da arte ocidental na segunda metade do século XX e no século XXI. Serão apresentados os trabalhos dos principais arquitetos dessa época, de Frank Lloyd Wright e Le Corbusier até seus seguidores. Também serão vistos a multiplicidade no mundo da escultura, de Brancusi a Ron Mueck, e os múltiplos movimentos artísticos pós-Segunda Guerra Mundial. Diferentes das vanguardas, mas influenciadas por elas, essas linguagens artísticas tiveram características particulares que serão analisadas.

ÁREA DO ALUNO
Faça o download do material do curso

aulas


  • 11 AGO | ESCULTURA NOS SÉCULOS XX E XXI
    A múltipla possibilidade escultórica que caracterizou o século XX e o XXI. De Brancusi a Giacometti, de Henry Moore a Alexander Calder, de Richard Serra a Louise Bourgeois, de Ron Mueck a Jaume Plensa, o muito que se produziu e ainda se produz nesse campo das artes visuais.


  • 18 AGO | FRANK LLOYD WRIGHT
    Um dos maiores expoentes da arquitetura moderna, Frank Lloyd Wright, e sua contribuição singular nos Estados Unidos, no início do século XX. Das prairies houses às construções de Oak Park. As atribulações em sua vida íntima e seus legados incomparáveis, como a Casa da Cascata e o prédio do Museu Guggenheim, em Nova York.


  • 25 AGO | LE CORBUSIER E AS INOVAÇÕES DA ARQUITETURA NA MODERNIDADE
    Os seguidores de Le Corbusier e a contribuição singular de arquitetos como Oscar Niemeyer. Um novo conceito de arquitetura, hoje revisto por nomes da pós-modernidade, como Frank Gehry, Santiago Calatrava e Jean Nouvel. Dos primeiros prédios em pilotis à construção de Brasília, dos edifícios arrojados da arquitetura moderna às inusitadas criações da arquitetura desconstrutivista.


  • 01 SET | EXPRESSIONISMO ABSTRATO AMERICANO E OP ART
    Após a Segunda Guerra Mundial, os Estados Unidos assumiram uma posição privilegiada no campo das artes visuais, com Nova York se tornando o centro da produção pictórica. Pollock, De Kooning e Rothko.


  • 08 SET | POP ART
    Nos anos 60, Andy Warhol, Roy Lichtenstein, Robert Rauschenberg, entre outros, despontaram com grande força num movimento artístico cuja base era a crítica ao capitalismo, o mundo do consumo, o cinema etc.


  • 15 SET | NOUVEAU RÉALISME
    Na Europa, surgiu um grupo de artistas denominado Nouveau Réalisme pelo crítico de arte Pierre Restany. Suas obras irreverentes apresentaram linguagens como prensagens, descolagens, acumulações. A obra de Yves Klein, Niki de Saint Phalle, Tinguely, Cesar e Arman.


  • 22 SET | MINIMALISMO, PÓS-MINIMALISMO E OUTRAS LINGUAGENS
    A partir dos anos 60, principalmente nos Estados Unidos, apareceram artistas como Donald Judd, Robert Morris, Dan Flavin, cujos trabalhos se propunham a mostrar o essencial da obra de arte, através de um mínimo de artifícios. Os happenings, as instalações e as performances.


  • 29 SET | GRANDES NOMES DA ARTE CONTEMPORÂNEA
    Joseph Beuys, Lucian Freud, Cy Twombly, Gerhard Richter, Georg Baselitz.


  • 06 OUT | OUTROS GRANDES NOMES DA ARTE CONTEMPORÂNEA
    Anselm Kiefer, Keith Haring, Jean-Michel Basquiat, Damien Hirst.


ministrado por


  • Hélio Márcio Dias Ferreira

    Professor da Uni-Rio, mestre em História da Arte pela UFRJ e doutor em Educação pela UFF, com parte dos estudos realizada na Universidade Paris III – Sorbonne, França. É autor de livros de arte como Uma história da arte ao alcance de todos e Ivan Serpa: o expressionista concreto.