LIÇÕES DE PSICANÁLISE COM NELSON RODRIGUES


Fernanda Hamann De Oliveira

De 06 a 20 de setembro - Quartas-feiras - das 19h30 às 21h30 - 3 encontros

Nelson Rodrigues morreu há quase quatro décadas. Sua obra, porém, continua viva, arrebatando leitores e espectadores. É impossível se manter indiferente a seu “teatro desagradável”, que revira os personagens pelo avesso, escancarando contradições que não são só deles, e sim de cada um de nós. Uma obra em torno do sexo, da morte, daquilo que é destinado ao que Freud chamou de recalque.

Apesar de suas opiniões controversas sobre o Pai da Psicanálise, o escritor que revolucionou o teatro brasileiro deixou um legado capaz de transmitir o funcionamento do inconsciente freudiano. Transmitir não apenas numa dimensão ilustrativa, mas sobretudo pela produção de afetos, de efeitos, do que resta na carne de quem se arrisca a mergulhar no universo rodriguiano.

Partindo de frases, trechos de peças e contos, o curso é um convite a esse mergulho agitado nas ondas de um encontro entre literatura e psicanálise. Um encontro que perpassa os meandros do sonho, da fantasia, daquilo que nos parece inquietante, mas se revela como estranhamente familiar.

ÁREA DO ALUNO
Faça o download do material do curso

aulas


  • 06 SET | O SUJEITO DO INCONSCIENTE NA DRAMATURGIA RODRIGUIANA

    A divisão da consciência em Vestido de noiva (1943), uma paródia do complexo de Édipo em Álbum de família (1945) e uma caricatura da psicanálise em Bonitinha, mas ordinária (1962).


  • 13 SET | CATARSE E REALIZAÇÃO DE DESEJO EM FREUD E EM NELSON RODRIGUES

    Por causa de Freud (1960): literatura como sonho diurno.


  • 20 SET | A INQUIETANTE ESTRANHEZA DA VIDA COMO ELA É

    Maldade (1958): literatura como encontro com o estranho familiar.


ministrado por


  • Fernanda Hamann De Oliveira

    Psicanalista membro do Tempo Freudiano Associação Psicanalítica. Professora de Psicologia na UFRJ e doutora em Teoria Psicanalítica pela mesma universidade, com tese sobre Nelson Rodrigues. Pesquisadora e curadora da compilação de contos rodriguianos O marido humilhado e outras histórias inéditas da vida como ela é. Autora do romance Cativos e da autoficção Coisas bizarras que você só descobre quando está grávida.