Mente, corpo, ciência e tecnologia


CLAUDIO LOTTENBERG, FRANKLIN RUMJANEK, SANDRA NISKIER FLANZER, STEVENS REHEN

De 23 de outubro a 13 de novembro - Segundas-feiras - das 19h30 às 21h30 - 4 encontros

Seria inimaginável pensar a nossa vida sem os aportes tecnológicos. São eles que nos fazem despertar na hora certa, que nos colocam em contato com qualquer pessoa em qualquer parte do mundo, que nos auxiliam a escolher um restaurante ou pegar um táxi. Nas últimas décadas, os avanços foram muitos. Em razão deles, mudamos a nossa forma de comprar, de trabalhar, de utilizar o tempo livre, de nos relacionarmos. Como os avanços vêm modificando a nossa mente e o nosso corpo? De que forma isso influencia a medicina e a saúde? Quais os limites éticos de seu uso?  

APOIO
​  

As inscrições iniciam-se a uma semana do evento e devem ser feitas pelo telefone (21) 2227-2237.

ÁREA DO ALUNO
Faça o download do material do curso

aulas


  • 23 OUT | 1. SAÚDE E CIDADANIA: A TECNOLOGIA A SERVIÇO DO PACIENTE E NÃO O CONTRÁRIO, com Claudio Lottenberg
    O desenvolvimento da tecnologia expande diariamente as possibilidades de prevenção, diagnóstico e tratamento de doenças. Mas fazer o melhor uso dos recursos disponíveis é um desafio enorme, tanto para os pacientes quanto para os profissionais da saúde. Nesse encontro, o médico Claudio Lottenberg guiará os presentes em uma reflexão sobre como tirar o melhor proveito dos avanços científicos na área, analisando questões como o fenômeno do Big Data e a mudança na relação entre médicos e pacientes.


  • 30 OUT | 2. A CIÊNCIA E O COMPORTAMENTO HUMANO, com Stevens Rehen
    Células-tronco, órgãos criados em laboratório, diagnósticos genéticos, clonagem, interface cérebro-máquina. Nesse encontro, Stevens Rehen pretende debater de que maneira os avanços da ciência ampliam as possibilidades futuras, propondo reflexões sobre o impacto do progresso científico recente na qualidade e na expectativa de vida, no cotidiano e nas relações pessoais.


  • 06 NOV | 3. ÉTICA E GENÉTICA, com Franklin Rumjanek
    O que você faria se pudesse escolher o sexo de seu filho antes de seu nascimento? Ou impedir que ele tivesse uma doença grave pela seleção de seus genes? E se um teste identificasse a possibilidade de você vir a desenvolver uma doença incurável no futuro, você gostaria de ser informado sobre isso? Graças à evolução da engenharia genética, hipóteses como essas deixaram o universo da ficção científica e tornaram-se tecnicamente viáveis. Mas quais os limites éticos desses avanços? Nesse encontro, Franklin Rumjanek, professor de Bioquímica Médica da UFRJ, aborda as principais conquistas na área e os benefícios potenciais para o futuro, sem esquecer os ensinamentos que cenários distópicos como o imaginado pelo escritor inglês Aldous Huxley em Admirável mundo novo nos deixaram.


  • 13 NOV | 4. RELACIONAMENTOS NA MODERNIDADE, com Sandra Niskier Flanzer
    As redes sociais aproximam ou afastam as pessoas? Com a portabilidade, que oferece acesso permanente a inúmeras informações produzidas no planeta, estamos mais “ligados” ou nos escravizamos em uma comunicação sem pausa e sem intervalo? Nesse encontro serão apresentadas noções psicanalíticas que estimulam uma reflexão sobre esses novos hábitos, que tanto modificaram – e velozmente – o modo como nos relacionamos. Que preço pagamos por essas novas formas de comunicação?


ministrado por


  • CLAUDIO LOTTENBERG

    Graduado em Medicina pela Escola Paulista de Medicina da Unifesp; mestre em Oftalmologia e doutor em Medicina (Oftalmologia) pela mesma universidade. É presidente do UnitedHealth Group Brasil, do Conselho da Sociedade Israelita Brasileira Albert Einstein e do Instituto Coalização Saúde. Ex-secretário municipal de Saúde de São Paulo.

  • FRANKLIN RUMJANEK

    Professor e pesquisador do Instituto de Bioquímica Médica da UFRJ. Bacharel em Ciências Biológicas pela Uerj. Aperfeiçoamento em Copenhagen (Dinamarca), doutorado pelo University College London (Inglaterra), pós-doutorado no National Institute of Medical Research, em Londres, e sabático na Universidade de Harvard (EUA).

  • SANDRA NISKIER FLANZER

    Psicanalista. Pós-doutoranda do Programa de Teoria Psicanalítica da UFRJ. Mestre e doutora em Teoria Psicanalítica pela UFRJ. Membro do Tempo Freudiano Associação Psicanalítica. Autora dos livros a palavra, Por um, segundo, Re/talhos e do quarto.

  • STEVENS REHEN

    Graduado em Ciências Biológicas pela UFRJ, com pós-graduações no Instituto de Biofísica da UFRJ e pós-doutoramentos na Universidade da Califórnia, em San Diego, e no Instituto de Pesquisa Scripps dos Estados Unidos. Autor dos primeiros artigos demonstrando a existência do mosaicismo genético no cérebro, foi pioneiro no Brasil no cultivo de células-tronco de pluripotência induzida (iPS) humanas, neuroesferas e organoides cerebrais humanos. Em 2016, desenvolveu uma das principais pesquisas científicas sobre o zika vírus, demonstrando a relação entre infecção e microcefalia. O modelo de minicérebros humanos tem sido utilizado na identificação de medicamentos que poderão conter, futuramente, os efeitos do zika vírus sobre o sistema nervoso em formação.