ONIPOTENTES, DEPRIMIDOS E EXCITADOS

SUBJETIVIDADE ATUAL EM ANÁLISE


Nina Saroldi

De 17 de março a 07 de abril - Sextas-feiras - das 19h30 às 21h30 - 4 encontros

Gustave Coubert (reprodução)

Em O mal-estar na cultura, de 1929, Freud usa a expressão “supereu da cultura” para designar a íntima relação que cada um de nós mantém com o momento histórico em que vive. Partindo dessa ideia, o curso analisará as modificações na subjetividade ocorridas desde os tempos do criador da psicanálise até nossos dias.

Ao longo de quatro encontros, serão examinados os efeitos no aparelho psíquico de cada indivíduo da passagem de uma sociedade industrial e da poupança para uma sociedade “pós-industrial” e do crédito.

ÁREA DO ALUNO
Faça o download do material do curso

aulas


  • 17 MAR | O “SUPEREU” DA CULTURA

    O reforço da ética do trabalho no final do século XIX e início do XX.


  • 24 MAR | O MAL-ESTAR MELHOROU?

    O “supereu da cultura” como incitador de gozo na sociedade de consumo. Deprimir “para cima”.


  • 31 MAR | OBSESSÃO DA CONTEMPORANEIDADE

    Do ritual privado à exibição nas redes sociais. A lista infinita de compras e as patologias da insuficiência.


  • 07 ABR | EXCITAÇÃO E HORROR AO VAZIO

    “Compulsão à emissão” e transtorno de déficit de atenção generalizado.


ministrado por


  • Nina Saroldi

    Professora adjunta da Uni-Rio. Mestre em Filosofia pela PUC-Rio e doutora em Teoria Psicanalítica pela UFRJ. Pós-doutorado em Sociologia da Cultura (Hochschule für Grafik und Buchkunst, Leipzig, Alemanha). Organizadora da coleção Para Ler Freud (Civilização Brasileira) e autora de O mal-estar na civilização: as obrigações do desejo na era da globalização.