POLÍTICA EXTERNA BRASILEIRA: DA EUFORIA AO FRACASSO

DEZ ANOS QUE MUDARAM A IMAGEM DO PAÍS NO MUNDO


Fabio Zanini

30 de junho - Sexta-feira - das 19h30 às 21h30

O governo Lula (2003-2011) inaugurou uma fase de expansionismo sem precedentes na política externa brasileira. Para aumentar o peso do país na geopolítica mundial, criou dezenas de novas embaixadas, mobilizou empreiteiras e abriu os cofres de bancos públicos para financiar projetos, especialmente de infraestrutura, em diversas nações periféricas. As Forças Armadas também ensaiaram um inédito protagonismo internacional, com o Exército liderando uma missão de paz da ONU no Haiti e a Marinha criando bases na costa africana.

Essas ações renderam votos na eleição para a direção de organismos multilaterais e atraíram holofotes para o Brasil. Mas, em uma década, a estratégia ruiu. Suspeitas de corrupção atingiram o financiamento de obras no exterior e o país ainda ganhou fama de imperialista. Nesse encontro, o jornalista Fábio Zanini conta a história desse revés com base em viagens, entrevistas e pesquisas feitas por ele para o livro Euforia e fracasso do Brasil grande.

ÁREA DO ALUNO
Faça o download do material do curso

ministrado por


  • Fabio Zanini

    Jornalista formado pela Escola de Comunicações e Artes (ECA) da USP, com mestrado em Relações Internacionais pela School of Oriental and African Studies, da Universidade de Londres. Editor de Política da Folha de S.Paulo. Antes, foi repórter de política e correspondente em Londres e Johannesburgo, além de editor de Internacional. Autor do livro Euforia e fracasso do Brasil grande.