SER MÃE OU SER MULHER?

A “PEDOCRACIA” NO AVESSO DA IDEALIZAÇÃO DA MATERNIDADE


Marcia Neder

De 06 a 20 de março - Terças-feiras - das 17h às 19h - 3 encontros

Ser “boa mãe” tornou-se uma obrigação para a mulher e sinônimo de “sacrifício” e “doação” – quanto mais sofrimento ela for capaz de suportar, “melhor mãe” provará ser. Quantas mães se orgulham de ter passado horas sofrendo durante o parto normal? Quantas parecem se gabar de ter abandonado o trabalho e as atividades de lazer para se dedicar aos filhos em tempo integral? Quantas recriminam as que matriculam as crianças em creches, pois acham que cabe somente à mãe o seu cuidado?

Neste curso, a psicanalista Marcia Neder apresentará o conceito por ela criado de “pedocracia” para definir o caminho ao longo do qual a maternidade tornou-se símbolo da vida feminina. Como se toda mulher nascesse para a maternidade e esta fosse a sua maior bênção.

ÁREA DO ALUNO
Faça o download do material do curso

aulas


  • 06 MAR | O FILHO NA ANTIGUIDADE: FILHO-FARDO


  • 13 MAR | MÃE-FILHO NA PSICANÁLISE: FILHO-FALO SALVADOR DA MÃE


  • 20 MAR | A "PEDOCRACIA" NO AVESSO DA MÃE IDEALIZADA


ministrado por


  • Marcia Neder

    Psicanalista com pós-doutorado e doutorado em Psicologia Clínica pela PUC-SP, criadora do blog Amores Gozados e do grupo de supervisão para professores A Escola no Divã, na creche Favinho e Mel (RJ), onde atuou por cinco anos. Seu mais recente livro, Os filhos da mãe, aprofunda sua pesquisa sobre o feminino na cultura e completa o livro anterior, Déspotas mirins: o poder nas novas famílias, bem como A arte de formar e Psicanálise e educação: laços refeitos. Foi professora da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS) e pesquisadora do Núcleo de Pesquisa em Psicologia e Educação (Nuppe) da USP.