VIDAS EM MOVIMENTO: UM OLHAR SOBRE O REFÚGIO NO MUNDO ATUAL


André Zuzarte

01 de setembro - Sexta-feira - das 19h30 às 21h30

Bengin Ahmad

Diariamente, milhares de pessoas são obrigadas a deixar suas casas por conta de perseguições, guerras e conflitos. Ao chegarem às portas de um novo país, não encontram a proteção esperada, e sim um aparato governamental sofisticado criado para mantê-las longe. O sonho de recomeçar a vida em uma nova terra submerge nos oceanos que elas atravessam em precárias embarcações ou é asfixiado pela permanência indefinida em campos ou centros de detenção. Os marcos internacionais de proteção nada valem: são constantemente violados em um movimento encabeçado pelos países desenvolvidos, que atuam para proteger suas fronteiras, não os indivíduos.

O encontro pretende fornecer um olhar detalhado sobre esse cenário, discutindo as principais tendências do refúgio no mundo hoje, expondo os avanços e retrocessos nas políticas de proteção e acolhimento, discutindo o papel que o Brasil tem desempenhado e propondo uma reflexão sobre possíveis soluções para esta que constitui uma das mais urgentes crises humanitárias do nosso tempo.

ÁREA DO ALUNO
Faça o download do material do curso

ministrado por


  • André Zuzarte

    Doutorando em Relações Internacionais pela PUC-Rio, onde dedica-se ao estudo da questão do refúgio e desenvolve tese sobre a integração local dos refugiados na cidade do Rio de Janeiro. Mestre pelo programa de História, Política e Bens Culturais pelo CPDOC/FGV, onde desenvolveu a dissertação O milhão restante, o Brasil e a evolução da proteção internacional a refugiados (1946-1952). Professor na FGV e na PUC-RIO, onde integra o corpo docente do Programa de Educação Tutorial no Instituto de Relações Internacionais. Além disso, presta trabalho voluntário junto à Cáritas Arquidiocesana do Rio de Janeiro, ONG responsável pelo acolhimento e proteção dos refugiados na cidade.