À SOMBRA DO ESPETÁCULO: O UNIVERSO POÉTICO DE AMÁLIA RODRIGUES E FLORBELA ESPANCA

LUTO E MELANCOLIA NA LITERATURA E NA MÚSICA PORTUGUESA


Ricardo Nicolay, Sandra Edler

De 19 de september a 03 de october - Thursdays - das 19h30 às 21h30 - 3 encontros

CONCLUÍDO

O que nos inspiram os universos poéticos da fadista Amália Rodrigues (1920-1999) e da escritora e poeta Florbela Espanca (1894-1930)? A relação do luto e da melancolia com a possibilidade de tornar-se outro ganha voz pela escrita e encontra expressão na literatura e na música portuguesa. Nosso recorte destaca, na obra dessas duas personagens, pontos de interseção entre a psicanálise e a literatura, valorizando a dor de existir e sua transformação em prosa e verso de alcance universal.

Ao longo de três encontros, vamos construir um percurso que parte da concepção freudiana de luto e melancolia para contextualizar, na história de Portugal, elementos de uma possível subjetividade portuguesa, para dela extrair seu reflexo na música e na poesia.

ÁREA DO ALUNO
Faça o download do material do curso

aulas


  • 19 SET | PSICANÁLISE E HISTÓRIA com Ricardo Nicolay e Sandra Edler

    Neste primeiro encontro serão apresentados os conceitos de luto e melancolia à luz da teoria freudiana, bem como uma breve história de Portugal e da construção de uma tradição existencialista do ser português e da característica de uma certa portugalidade.


  • 26 SET | “QUE TODOS OS AIS SÃO MEUS, QUE É TODA MINHA SAUDADE” com Ricardo Nicolay e Sandra Edler

    Amália Rodrigues, os fados e os poemas para uma finitude audaciosa.


  • 03 OUT | “SAUDADES! SIM... TALVEZ... E PORQUE NÃO?” com Ricardo Nicolay e Sandra Edler

    O universo de Florbela Espanca e a sua estética da finitude.


ministrado por


  • Ricardo Nicolay

    Curador da CASA DO SABER RIO. Doutor em Geografia e mestre em Comunicação pela Uerj, e bacharel em Ciências Sociais Cpdoc/FGV. É pesquisador do Programa de Extensão em Estudos Avançados em Geografia, Religião e Cultura (Peagerc/Uerj). Foi aluno em intercâmbio no Departamento de Antropologia do Instituto Universitário de Lisboa e investigador no Instituto de Geografia e Ordenamento do Território da Universidade de Lisboa (Portugal). Pesquisa o fado há mais de 10 anos, tendo escrito diversos artigos sobre o tema. 

  • Sandra Edler

    Psicanalista. Mestre e doutora em Teoria Psicanalítica pela UFRJ. Autora de Luto e melancolia – À sombra do espetáculo e Tempos compulsivos – a busca desenfreada pelo prazer.