AS FACES DA LOUCURA: HUMANIDADE E DESRAZÃO


Alexandre Costa

De 05 a 26 de march - Thursdays - das 19h30 às 21h30 - 4 encontros

Ao contrário do que propõem as interpretações “classicistas” da antiga cultura grega, as manifestações do irracional marcam a origem dessa tradição, constituindo-se como um dos mais valiosos signos de sua religiosidade e de sua poesia. Reunindo e comparando as obras dos antigos poetas e dos primeiros filósofos gregos, e também as de historiadores e filósofos contemporâneos, o curso mostra como o lastro que serviu de base dessa cultura – os seus poemas de fundação – deve-se a estados anímicos que variam do torpor à plena embriaguez, da possessão ao delírio, do devaneio ao transe.

INSCRIÇÃO ONLINE
Valor R$ 520.00

INSCREVA-SE AQUI

Conheça as formas de pagamento e a
política de cancelamento

ÁREA DO ALUNO
Faça o download do material do curso

aulas


  • 05 MAR | A NÃO RAZÃO E O IRRACIONAL

    Delimitação e conceitos. Loucura e desrazão na poesia grega: a figura do poeta e sua manía. Deuses e homens, dois idiomas que só se encontram nas proximidades da “loucura”: o poeta, um tradutor – inspiração, possessão e transe. Um “lugar” entre a dádiva e a maldição.


  • 12 MAR | DO TRÁGICO À TRAGÉDIA

    A mais (in)justa justiça. O irracional como morada da justiça dos deuses. A verdade como delírio: a ambiguidade de Apolo e a língua da sibila.


  • 19 MAR | O ABSURDO COMO CONDIÇÃO E O PARADOXO COMO FALA

    A tradução trágica, o terreno e o signo de Dionísio – o (im)preciso domínio da desrazão.


  • 26 MAR | INTERLOCUÇÕES: O IRRACIONALISMO GREGO DIANTE DE OLHOS CONTEMPORÂNEOS

    Ou: por uma crítica à histórica asfixia do irracional – a normalidade como estigma. 1) A visão de Nietzsche: Apolo e Dionísio no Nascimento da tragédia e a crítica à moral “normalizante”; racionalismo e mortificação; 2) Dodds e o irracionalismo grego: as quatro faces da loucura e a manifestação do divino; 3) Foucault e a História da loucura: genealogia e devir da loucura, sua amplitude. Reflexões finais: crítica à desumanização da desrazão.


ministrado por


  • Alexandre Costa

    Professor do Departamento de Filosofia da UFF. Doutor em Filosofia pela Universität Osnabrück (Alemanha), e pela UFRJ. Pós-doutor em Teoria da Música na Antiguidade pela USP e em Filologia Clássica pela USP/Humboldt-Universität zu Berlin (Alemanha). Autor de Heráclito: fragmentos contextualizados e A história da filosofia em 40 filmes (coautoria com Patrick Pessoa), entre outros livros.

INSCREVA-SE AQUI