AS MONARQUIAS DA EUROPA 

RELÍQUIAS NOSTÁLGICAS DO PASSADO OU GARANTIA DE EQUILÍBRIO EM UM CONTINENTE DIVIDIDO?


Francisco Vieira

De 19 de november a 03 de december - Tuesdays - das 19h30 às 21h30 - 3 encontros

CONCLUÍDO

Desmentindo a profecia de Faruque (1920-1965), rei deposto do Egito, de que haveria no mundo apenas cinco reis, os do baralho e o da Inglaterra, existem ainda hoje, na Europa, dez monarquias. Partindo de suas origens na Idade Média cristã, vamos analisar as linhagens desaparecidas em revoluções, os reis decapitados ou exilados. Procuraremos entender o que fez com que estas dez famílias escapassem desses processos históricos que pareciam inevitáveis. Como elas ainda encontram espaço e possibilidades de existência na sociedade ocidental? Quais suas diferenças, suas cumplicidades, suas características e seus mecanismos de sobrevivência?

ÁREA DO ALUNO
Faça o download do material do curso

aulas


  • 19 NOV | DEFINIÇÕES E ORIGENS DAS CASAS REAIS NOS TRONOS EUROPEUS


  • 26 NOV | MONARQUIAS SOBREVIVENTES: DINAMARCA, SUÉCIA, NORUEGA, GRÃ-BRETANHA, ESPANHA, BÉLGICA E HOLANDA


  • 03 DEZ | PRINCIPADOS DE OPERETA ONDE OS MONARCAS DE FATO GOVERNAM: LUXEMBURGO, MÔNACO E LIECHTENSTEIN


ministrado por


  • Francisco Vieira

    Doutor em História Social pela Universidade Federal Fluminense (UFF), mestre em História Social pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e bacharel em História pela Universidade Santa Úrsula.