É PROIBIDO FICAR TRISTE? SOBRE O LUTO E A PERDA NA ATUALIDADE


Sandra Niskier Flanzer

15 e 22 de may - Wednesdays - das 19h30 às 21h30 - 2 encontros

Qual o lugar para a tristeza e para a perda nesses tempos modernos? Temos sido, cada vez mais, inundados por informações. Somam-se a isso as demandas impostas pelas redes sociais, utilizadas de modo, não raro, excessivo. Esse contexto leva o sujeito a se dedicar a uma imagem ideal de si, assim como o obriga a provar permanentemente para os outros o quanto é feliz. Freud (1856-1939) postulou diferentes formas de se lidar com a dor, que vêm sendo fortemente escamoteadas pelas alegrias forjadas e por uma obrigação constante de demonstrar felicidade.

Valor R$ 250.00

Vendas somente por telefone
Tel: (21) 2227-2237

ÁREA DO ALUNO
Faça o download do material do curso

aulas


  • 15 MAI | LUTO

    As perdas inevitáveis. O doloroso processo de enfrentamento das perdas, fundamental na constituição do sujeito.


  • 22 MAI | PERDA

    A perda não elaborada. A relação com o objeto perdido e o esvaziamento do eu


ministrado por


  • Sandra Niskier Flanzer

    Psicanalista. Pós-doutoranda do Programa de Teoria Psicanalítica da UFRJ e mestre e doutora em Teoria Psicanalítica pela mesma instituição. Membro do Tempo Freudiano Associação Psicanalítica. Autora dos livros a pa-lavra; Por um, segundo; Re/talhos; do quarto; e Cartas para A..