ESTILHAÇOS DA SEGUNDA GUERRA MUNDIAL NAS ARTES


Alberto Flaksman, Arthur Dapieve, Franz Manata, Marcelo Backes, Vagner Camilo

De 30 de april a 11 de june - Thursdays - das 20h às 22h - 5 encontros

CONCLUÍDO

A Segunda Guerra Mundial (1939-1945) foi o conflito mais sangrento já testemunhado pela humanidade. Estima-se que os ataques e confrontos tenham deixado entre 40 milhões e 72 milhões de mortos, em sua maioria civis. A destruição atingiu níveis inéditos com os bombardeios aéreos indiscriminados, campos de concentração e bombas atômicas. As transformações derivadas do conflito foram muitas. Na época, o novo eixo econômico e político do Ocidente passou a ser os Estados Unidos. O mesmo aconteceu no campo das artes. Paris deu lugar a Nova York como centro da efervescência cultural, com o reforço de novos moradores ilustres, entre os quais Max Ernst, Andre Bréton, Marcel Duchamp, Marc Chagall, Piet Mondrian e outros, que fugiam de uma Europa dilacerada.

Pode soar paradoxal que um período de tantos horrores tenha ensejado tanta criatividade entre pintores e poetas, cineastas, romancistas e músicos. Mas assim foi. Por um lado, era necessário escapar da realidade. Por outro, exprimir a dor através da arte. Nesse ciclo, que começa exatamente 70 anos após o dia em que Hitler morreu, a CASA DO SABER RIO O GLOBO reúne cinco professores para explicar o que foi a Segunda Guerra Mundial e discutir seu impacto no campo das artes visuais, da literatura, da música e do cinema.  

ÁREA DO ALUNO
Faça o download do material do curso

aulas


  • 30 ABR | UMA BREVE HISTÓRIA DA SEGUNDA GUERRA MUNDIAL com VAGNER CAMILO
    VAGNER CAMILO


  • 14 MAI | CINEMA com Alberto Flaksman
    ALBERTO FLAKSMAN


  • 21 MAI | MÚSICA com Arthur Dapieve
    ARTHUR DAPIEVE


  • 28 MAI | LITERATURA com Marcelo Backes
    MARCELO BACKES


  • 11 JUN | ARTES PLÁSTICAS com Franz Manata
    FRANZ MANATA


ministrado por


  • Alberto Flaksman

    Coordenador acadêmico e professor dos cursos de Formação Executiva em Cinema e TV (Film & Television Business) da FGV, com turmas no Rio de Janeiro e em São Paulo. Foi superintendente de Comércio Exterior da Agência Nacional do Cinema (Ancine). Foi diretor e produtor executivo da Videofilmes.

  • Arthur Dapieve

    Professor do Departamento de Comunicação Social da PUC-Rio. Autor de 12 livros, entre ficção e não ficção, como a coletânea de contos Maracanazo (Prêmio Oceanos, em 2016), e o perfil Renato Russo – O Trovador Solitário. Apresenta o programa de música clássica na Rádio Batuta, do Instituto Moreira Salles. É comentarista dos programas Estúdio I, da GloboNews, e Redação Sportv.

  • Franz Manata

    Artista, curador e professor com mestrado em Linguagens Visuais e formação em Economia, Sociologia e Administração Financeira. Foi coordenador de produção, curador assistente e cocurador do Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro (MAM-Rio). Trabalha como consultor de arte para instituições públicas, coleções particulares e corporativas, tais como Grupo Santander Brasil, Furnas Sociocultural, MinC e Funarte. Participa há 20 anos de projetos solo e coletivos no Brasil e no exterior, articulando diversas mídias e áreas do conhecimento.

  • Marcelo Backes

    Doutor em Germanística e Romanística pela Universidade de Freiburg (Alemanha). Escritor, professor, tradutor e crítico literário, é autor de O último minuto e de A casa cai, entre outras obras. Seus livros, ensaios e poesias estão sendo publicados em vários países da Europa.

  • Vagner Camilo

    Mestre em Relações Internacionais e doutor em Ciência Política. É professor do Instituto de Estudos Estratégicos da Universidade Federal Fluminense (Inest-UFF) e autor dos livros O Brasil e a Segunda Guerra Mundial: história de um envolvimento forçado e Da Itália à Coreia: decisões sobre ir ou não à guerra.