UMA INTRODUÇÃO AO EXISTENCIALISMO

CURSO ONLINE AO VIVO + REPLAY


Carlos Eduardo Motta, Gabriel Jucá, Remo Mannarino Filho

De 02 a 16 de september - Wednesdays - das 19h às 20h30 - 3 encontros

CONCLUÍDO

Os horrores das sucessivas guerras no século XX lançaram a Europa a um estado de estupefação. Essa catástrofe resultou na formação de um pensamento filosófico que questionava as raízes da condição humana: seu sentido, seus propósitos, suas possibilidades de redenção. Ao colocarem foco na própria noção de “existência” (humana, bem entendido), o Existencialismo se tornou mais do que uma corrente da Filosofia e da Literatura. Foi também um movimento cultural e, mesmo, um fenômeno pop que inspirou desde obras cinematográficas até canções de rock. Sua influência se faz sentir ainda hoje, com desdobramentos na ética, na política, na estética e na religião.

O curso vai explorar as várias facetas desse movimento a partir de aulas expositivas e propostas de leituras literárias e filosóficas, de autores como Søren Kierkegaard (1813-1855), Fiódor Dostoiévski (1821-1881), Jean-Paul Sartre (1905-1980), Simone de Beauvoir (1908-1986) Albert Camus (1913-1960), Thomas Nagel (1937 -) e David Benatar (1966 -).

​> Este curso faz parte da programação online ao vivo e gravada da Casa do Saber Rio via Zoom.
>> Se não puder participar ao vivo na primeira data, o Replay (gravado) acontece nos dias 04, 11 E 18 DE SETEMBRO, ÀS 22H.
>>> Os inscritos receberão por e-mail no dia de cada aula o link, o código e a senha de acesso à sala virtual.

 

ÁREA DO ALUNO
Faça o download do material do curso

aulas


  • 02 SET | JEAN-PAUL SARTRE E SIMONE DE BEAUVOIR com Remo Mannarino Filho

    O ser e o nada (1943); A precedência da existência sobre a essência. A condenação à liberdade, à má-fé e ao peso das escolhas humanas. O ser humano como o pórtico pelo qual o nada vem ao mundo. As relações entre o nada e a liberdade. Os ensaios existencialistas de Simone de Beauvoir: Pirro e Cinéias (1944) e Por uma moral da ambiguidade (1947). A ação e o engajamento como a redenção da condição humana.


  • 09 SET | EXISTENCIALISMO E LITERATURA com Carlos Eduardo Motta

    Os conceitos de subjetividade, paradoxo e absurdo em Kierkegaard. O desenvolvimento de uma escrita híbrida, que ultrapassa os limites estabelecidos entre os campos filosófico e literário. Dostoiévski e as revelações do Anjo da Morte em Memórias do Subsolo (1864). O Dom Quixote de Unamuno (1905): a elaboração do mito do Cristo espanhol e a cruzada pelo resgate dos valores espirituais que sucumbiram ao advento da Modernidade. Camus e o Ciclo do Absurdo: reflexões sobre O Mito de Sísifo (1941) e O Estrangeiro (1942).


  • 16 SET | DESDOBRAMENTOS NA CONTEMPORANEIDADE: EXISTENCIALISMO E PESSIMISMO com Gabriel Jucá

    A morte e o absurdo segundo Thomas Nagel. O antinatalismo de David Benatar.


ministrado por


  • Carlos Eduardo Motta

    Professor da CCE/PUC-Rio. É doutor e mestre em Estudos de Literatura e graduado em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo pela PUC-Rio. Possui especialização em docência para Língua Portuguesa pelo Instituto a Vez do Mestre (AVM/UCAM).

  • Gabriel Jucá

    Professor do Departamento de Filosofia da PUC-Rio. É doutor em Filosofia pela mesma instituição, visiting scholar da Brown University (Estados Unidos), e professor do Programa de Especialização em Filosofia Contemporânea da CCE/PUC-Rio.

  • Remo Mannarino Filho

    Professor do Departamento de Filosofia da PUC-Rio e do curso de especialização em Filosofia Antiga da PUC-Rio/CCE. Doutor em Filosofia pela PUC-Rio e mestre em Filosofia pela mesma instituição.