A HISTÓRIA DOS CRISTÃOS NOVOS NO BRASIL


Luize Valente

06 e 20 de fevereiro - Quartas-feiras - das 19h30 às 21h30 - 2 encontros

CONCLUÍDO

Foram 300 anos de Inquisição em Portugal, com consequências diretas no Brasil, país descoberto ao mesmo tempo em que se iniciava o período de trevas no território lusitano. Três séculos de perseguição, dissimulação e assimilação para milhares de judeus convertidos à força, os chamados cristãos novos, que para cá vieram nas primeiras décadas da colonização. Seus nomes foram trocados, suas tradições proibidas, suas famílias criadas em torno de segredos. Não podiam professar o judaísmo abertamente. Os que não abraçaram a fé católica perpetuaram tradições através dos casamentos endogâmicos, dos costumes e hábitos passados de geração em geração - geralmente pelas mulheres -, dissociados da religião, como algo “dos seus”. Mais de 500 anos depois do descobrimento do país e 200 anos após o fim da Inquisição, desvendamos, a partir da herança cristã nova, um Brasil que os brasileiros pouco conhecem.

ÁREA DO ALUNO
Faça o download do material do curso

aulas


  • 06 FEV | DA REALIDADE À FICÇÃO: BASTIDORES DA PESQUISA


  • 20 FEV | PRESENÇA OCULTA, COSTUMES E TRADIÇÃO ORAL


ministrado por


  • Luize Valente

    Escritora, jornalista e documentarista. É autora dos   romances históricos O Segredo do Oratório, Uma Praça em Antuérpia, e Sonata em Auschwitz e coautora, com Elaine Eiger, dos documentários Caminhos da Memória – A Trajetória dos Judeus em Portugal e A Estrela Oculta do Sertão, sobre as raízes judaicas de Portugal e do Brasil.