SURREALISMOS

O MOVIMENTO NAS ARTES VISUAIS, NO CINEMA E NA LITERATURA


Franz Manata, Luiz Fernando Gallego, Marcelo Jacques De Moraes

De 11 a 25 de july - Fridays - das 19h30 às 21h30 - 3 encontros

CONCLUÍDO

"Esta incurável mania de reduzir o desconhecido ao conhecido, ao classificável, entorpece os cérebros", escreveu André Breton em seu primeiro Manifesto Surrealista no ano de 1924. Influenciados pela teoria psicanalítica de Freud, poetas, artistas e cineastas abraçaram o movimento cujo processo de criação está fundamentado na esfera do inconsciente, do onírico. Concebido em uma Europa fragilizada e arrasada após a Primeira Guerra Mundial, o Surrealismo contesta as crenças culturais e a postura do homem, vulnerável diante de uma realidade cada vez mais incompreensível e desestabilizada. Aproveitando a mostra com 150 trabalhos de Salvador Dalí no CCBB, reunimos na CASA DO SABER RIO O GLOBO três professores para analisar as obras dos principais autores (e atores) do movimento surrealista nas artes visuais, no cinema e na literatura.

ÁREA DO ALUNO
Faça o download do material do curso

aulas


  • 11 JUL | ARTES VISUAIS com Franz Manata
    FRANZ MANATA


  • 18 JUL | CINEMA com LUIZ FERNANDO GALLEGO
    LUIZ FERNANDO GALLEGO


  • 25 JUL | LITERATURA com MARCELO JACQUES DE MORAES
    MARCELO JACQUES DE MORAES


ministrado por


  • Franz Manata

    Artista, curador e professor com mestrado em Linguagens Visuais e formação em Economia, Sociologia e Administração Financeira. Foi coordenador de produção, curador assistente e cocurador do Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro (MAM-Rio). Trabalha como consultor de arte para instituições públicas, coleções particulares e corporativas, tais como Grupo Santander Brasil, Furnas Sociocultural, MinC e Funarte. Participa há 20 anos de projetos solo e coletivos no Brasil e no exterior, articulando diversas mídias e áreas do conhecimento.

  • Luiz Fernando Gallego

    Psicanalista, membro efetivo e didata da Sociedade Brasileira de Psicanálise-RJ, é vice-presidente (2011-2014) da Associação de Críticos de Cinema do RJ (ACCRJ). Colaborador e co-editor do site www.criticos.com.br. Coordena há 20 anos o projeto Psicanálise & Cinema na SBPRJ. Foi curador das mostras "Freud e a tela branca" (Cinemateca do MAM-RJ, 2001) e "Ética na sétima arte" (Escola de Magistratura, 2008). Foi membro do júri da crítica para o Prêmio da Fédération Internationale de la Presse Cinématographique no Festival do Rio 2013.

  • Marcelo Jacques De Moraes

    Doutor em Letras Neolatinas pela UFRJ, com pós-doutorado na Universidade Paris VIII. Professor de Literatura Francesa na UFRJ. É pesquisador do CNPq e tem artigos publicados em revistas e livros no Brasil e no exterior.